Conservador, SBT distorce diálogos sobre aborto em novela

Dublagem light camufla frases e palavras como "assassina"

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na segunda fase da novela mexicana Triunfo do Amor, atual cartaz no SBT, descobre-se que a vilã Helena, vivida pela atriz Dominika Paleta, abortou um filho no passado, fruto do seu relacionamento com Alonso (Marck Tacher), personagem que entra na história para ser o novo par romântico de Maria Desamparada (Maite Perroni).

Entretanto, a dublagem dessas cenas receberam modificações curiosas, que mais parecem censura. Num dos diálogos da versão original da trama, a palavra “assassina”, proferida pelo rapaz ao se referir a ex-mulher, foi trocada pelo SBT.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alonso (Marck Tacher) e Helena (Dominika Paleta) em cena de Triunfo do Amot (Reprodução: Televisa S.A.)

Em português, o homem (Alonso) diz que ela (Helena) é a mulher que “se livrou” de seu filho. A desconexão entre uma realidade e outra faz com que o argumento do tema não fique claro ao público. Bom salientar que Triunfo do Amor tem classificação livre para maiores de 14 anos.

Em outras ocasiões a emissora de Silvio Santos já transformou um casal bissexual em heterossexual por meio de dublagem, além de ter desaparecido com dois personagens LGBT’s de um outro folhetim. Agora, com mais esse destaque, o telespectador do canal volta aos tempos de comportamento retrógrado com as tramas latinas e temas que não deveriam ganhar este tratamento.

O Observatório da TV entrou em contato com o SBT, que informa: “A empresa de dublagem segue as nossas orientações, já que existem termos que alterariam a classificação da novela. Estupro, aborto, suicídio, assassinato. Não usamos”. A Rio Sound, empresa responsável pela dublagem de Triunfo do Amor, diz que não está autorizada a comentar o assunto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio