Concessão da Loading é cassada e inviabiliza projeto de TV da Jovem Pan

Negociação entre a Abril e a Spring Comunicações foi considerada ilegal

Publicado em 20/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O projeto da Jovem Pan de criar seu próprio canal de TV acaba de ganhar um empecilho de peso. A venda da concessão do canal 32 para o grupo Spring Comunicação, para criação da emissora Loading, foi considerada ilegal pelo Tribunal Regional Federal da Terceira Região (TRF-3).

Com isso, o direito de operação da Loading sobre essa frequência fica automaticamente cassado, inviabilizando a venda do mesmo para o grupo liderado por Tutinha. A própria Jovem Pan confirmou em julho que estava em negociações para lançar, em breve, seu próprio espaço na televisão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com informações do jornalista Gabriel Vaquer, em sua coluna no portal Notícias da TV, a União, a Spring Grupo Abril – autor da venda considerada ilegal – foram condenadas pelo TRF-3 ao pagamento de 10% do valor da negociação celebrada em 2013, cujo montante total foi de R$ 290 milhões.

A sentença agora ratificada é a mesma que foi tomada em agosto de 2020, mas que teve seu efeito suspenso para julgamento dos embargos de declaração da Spring e da Abril. Ela também exige que os direitos sobre a frequência retornem às mãos do Ministério das Comunicações, que deverá licitá-los novamente.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio