Câmera Record investiga quem são os ‘superidosos” que passam dos 80 anos esbanjando energia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Câmera Record deste domingo (02/09) vai contar a história de pessoas que aproveitam a terceira idade com muita energia e que fazem parte de um grupo que a ciência define como ‘superidoso’. O programa explica como ultrapassar os 80 anos de idade com vitalidade, afastando a sombra de doenças que afetam a capacidade do cérebro.

“Claro que o status físico da pessoa é algo relevante para o envelhecimento saudável. “Mas o termo ‘superidoso’ foi cunhado especificamente para o desempenho da memória e cognitivo”, explica o neurologista Adalberto Studart.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Boa forma: Angélica compartilha rotina de exercícios com seus seguidores

Koji Teramito faz parte desse grupo. E ele só começou a patinar com uma equipe profissional quando tinha 72 anos. “Eu conheço uma porção de gente da minha idade que já não faz nada, fica só no sofá, vendo TV, né? E aí, faz muito mal pra saúde, né?”, comenta. A disposição dele contrasta com seu histórico.

Um câncer no intestino, três pontes de safena e duas mamárias. Além de três infartos. Os números, apesar de preocupantes, não afetam o desempenho de Teramito, que tornou-se referência na patinação de velocidade.

O patinador, no entanto, é exceção. Dos 20 milhões de idosos no Brasil, apenas três milhões dizem praticar esportes, segundo o IBGE.  O próprio instituto, no entanto, projeta que este cenário vai mudar. Em 2050, um terço da população brasileira será de homens e mulheres com mais de 60 anos. E eles serão bem mais ativos do que hoje, segundo o mesmo estudo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio