Caldeirão do Huck leva historiador israelense a projeto social no Rio

Publicado há 9 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Caldeirão do Huck deste sábado (14), mergulha no poder da transformação. E, para falar sobre esse tema, o programa conta com a participação de quem entende do assunto: o historiador, professor e filósofo israelense Yuval Noah Harari, autor de best-sellers como Sapiens: Uma Breve História da Humanidade e 21 Lições Para o Século 21. É ele o convidado especial do Um por Todos, Todos por Um.

O quadro visita o projeto Primeira Chance, criado por Douglas Oliveira, de 29 anos, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro. Depois de viver e testemunhar muitas tragédias ligadas à violência, ele abriu as portas de casa para as crianças da comunidade onde mora. Lá elas têm aulas de ballet, futebol, violino e reforço escolar. “Cansei de ir para enterros. Quero começar a ir a formaturas”, declara Douglas, revelando sua principal motivação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para discutir sobre como o avanço da tecnologia pode impactar transformações como essas, Luciano Huck promove o encontro entre o fundador do projeto, moradores de uma comunidade carioca e Harari.

Muitas pessoas podem pensar: eu sou apenas uma pessoa da favela, o que eu sei sobre computadores e inteligência artificial? Na verdade, vocês sabem muito. Vocês sabem como isso impacta a própria vida de vocês e como vocês fazem uso dessas tecnologias. Então vocês têm sim, e muito, para contribuir nessa reflexão”, diz o historiador aos presentes.

Também neste sábado, a professora paraibana Josineide, de 51 anos, participa do quadro Quem Quer Ser um Milionário, enfrentando perguntas que podem premiá-la com até R$ 1 milhão. O Caldeirão do Huck vai ao ar aos sábados, após o SóTocaTop. O programa tem direção geral de Clarissa Lopes e direção artística de Hélio Vargas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais