Aguinaldo Silva faz declaração pesada após astros criticarem Fina Estampa

O novelista fez questão de opinar sobre a polêmica

Publicado há 3 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nas últimas semanas, Fina Estampa (2011), novela das 21h de Aguinaldo Silva que é reprisada atualmente pela TV Globo, passou a ser alvo de críticas de atores que fizeram parte do elenco. O primeiro foi Marco Pigossi durante uma live.

“Tinha que ser proibida de ser reprisada. Era tanta barbaridade! É uma loucura passar essa novela na TV. É interessante ver como 2011 ainda era uma época que as pessoas poderiam se dar ao direito de não ligar para política, mas passar uma novela dessas hoje é uma loucura”, disparou o artista.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No último sábado (15), o Altas Horas exibiu uma entrevista feita com Lilia Cabral na qual a protagonista do enredo criticou uma situação da história. “Não me lembrava como tinha sido a separação com o René (Dalton Vigh) e fiquei meio indignada. Eu falei: ‘Como assim? Como que um homem não entendeu a atitude dela?’”, indagou a veterana.

Em conversa à revista Quem, Adriana Birolli disse acompanhar o enredo e Totalmente Demais, que ela também faz parte. “Está sendo muito divertido, porque tem um distanciamento do tempo. Óbvio que eu olho as cenas e falo: ‘Como que eu fiz isso?’ Eu assistia quando estava no ar, mas faz 10 anos, estou com 33 anos e tinha 23 na época. Mas é normal se autocriticar, porque a gente quer melhorar, evoluir artisticamente”, declarou.

Em resposta ao colunista Leo Dias, Aguinaldo falou não ter nada a acrescentar ao juízo de valor dos outros. “Relevante para mim é que: eu gostei, a emissora gostou e, o principal, o público adorou, não apenas em uma mas duas ocasiões distintas”, destacou o novelistas.

“Este tipo de manifestações anacrônicas me remete para uma frase de Samuel Johnson: ‘A gratidão é um fruto de grande cultura. Não se encontra entre gente vulgar’”, concluiu Silva.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais