Antes de morrer, Carlos recebe conselho de Alfredo

Alfredo quer que o irmão viva a própria vida

Carlos (Danilo Mesquita) em Éramos Seis
Publicidade

Em Éramos Seis, Carlos (Danilo Mesquita) não está passando por uma boa fase. O rapaz assumiu para si as responsabilidades de homem da casa, com a morte do pai, e suas atitudes não são bem vistas, até mesmo por Inês (Carol Macedo) que vez ou outra briga por este motivo, e até ficou dividida entre ele e Alfredo (Nicolas Prattes), irmão que inclusive irá aconselhá-lo nos próximos capítulos.

Tudo começa quando Alfredo chega tarde em casa devido uma manifestação que participou. Ele conta que fugiu após a polícia perseguir os manifestantes com cavalos, deixando Lola (Gloria Pires) aflita. “Quem estava na rua, metido num comício, já sabia que corria o risco de se machucar”, dirá Carlos.

O irmão retruca dizendo que eles não foram lá brincar, e sim lutar por seus direitos, coisa que Carlos também deveria ter feito, mas o bancário afirma que estava cuidando da própria família ao invés de chegar em casa levando ainda mais preocupação para a mãe. Os dois ficam prestes a brigarem fisicamente quando Lola intervém.

“Nem ousem começar! Por favor, Carlos, pare! Está com diabo no corpo? Pare de brigar com todos os seus irmãos”, diz ela, já que anteriormente, o rapaz já tinha discutido com Isabel (Giullia Buscacio). ”Sabe qual o problema, mãe? Isabel e Alfredo são assim porque a senhora… sempre coloca panos quentes, sempre. O erro deles é seu”, dirá Carlos.

Quando os dois estão sozinhos no quarto, começam novamente a discutir, e Alfredo tenta aconselhar o irmão mais velho. “Tem mais o que fazer? O quê? Ficar segurando a barra da saia da Dona Lola? Vigiar a Isabel? Você não percebe que vive como um avestruz, que, quando vê algum perigo, enfia a cabeça na areia…”, começa.

Ele pega o irmão pelo ombro e continua: “Há um mundo inteiro explodindo lá fora… Não adianta fechar os olhos, não adianta se prender. Tem que acordar, tem que mudar. E depressa, antes que este mundo te exploda… E você… perca sua vida, perca o amor, perca o seu amor”, continua Alfredo.

Carlos quer brigar, achando que ele está falando sobre Inês, mas o discurso é mais que isso. “Quero que acorde. Pare brigar com a gente. Cuide do que é seu”, diz antes de ir para o banho, deixando o irmão impressionado. Carlos morrerá alguns capítulos depois ao ser vítima de tiros contra manifestantes, num típico caso de quem estava no lugar errado, e na hora errada.

As cenas estão previstas para irem ao ar no capítulo 107, que será exibido no dia 01 de fevereiro. Alterações podem ocorrer devido à edição dos capítulos.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos da novela Éramos Seis

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band

Publicidade