Flávia Alessandra não teme censura do público por conta das fantasias sexuais de sua personagem

Publicado há 2 anos
Por Leandro Lel Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Flávia Alessandra está na TV há mais de vinte anos interpretando mocinhas e vilãs. Com as vilãs ganhou público fiel. Quem não se recorda de Cristina de Alma Gêmea (2005) e Sandra de Êta Mundo Bom (2016)?

Na próxima trama das 21h, O Sétimo Guardião, de Aguinaldo Silva, Flávia retoma uma bem sucedida parceria com o autor justamente no núcleo que mais sente saudades: o humor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sensual

Par romântico de Milhen Cortaz, Jourbet Machado, Flávia dará vida a Rita de Cássia, mulher sonhadora, sensual. No enredo a dupla vai arrancar do público gargalhadas por conta de alguns segredos picantes.

Se em Duas Caras (2006), Aguinaldo Silva, Flávia impulsionou o mercado de pole dance por conta de suas elogiadas perfomances, em O Sétimo Guardião não será diferente: o casal promete trazer à tona os fetiches que rondam a vida de muitos telespectadores.

Revelações

Em uma entrevista ao Vídeo Show, em 2016, Flávia revelou que para interpretar Alzira, enfermeira que era dançarina de uma casa noturna, instalou em sua casa um aparelho para que pudesse ensaiar ainda mais. Deu certo: sucesso de público e crítica.

Agora, no novo folhetim, a atriz promete cair na boca do povo por conta das fantasias sexuais que irão rondar a cidade de Serro Azul, onde a trama se passa. Afinal, um delegado e sua esposa possuem uma vida sexual intensa.

Censura

Em entrevista ao Observatório da Televisão, a atriz afirmou que não teme retaliações ou algum tipo de censura do público por conta das cenas, já que o Brasil vive uma onde conservadora com motivações políticas e religiosas.

“O bacana é levantar questões. Não vamos levantar bandeiras, defendendo ou não. Não, não vem com esse intuito. Vem com o intuito de abrir horizontes, mostrar que existe…’, revelou a atriz durante o lançamento de seu mais novo espaço de beleza em São Paulo.

Confira!

Como você define a sua personagem em o Sétimo Guardião?

Rita de Cássia é uma mulher sonhadora, voluptuosa, que quando chega…. Casada com delegado da cidade. Ela tem muito orgulho disso, ele é um cara muito respeitado.

Eles vivem uma relação muito bem resolvida. Meu marido tem um mistério. Um casal muito bem solvido e moderno.

Sexo

Um casal ousado?

Eles são bem resolvidos na relação sexual. Eles moram numa cidade pequena, uma casal que resolveu não ter filhos, mas pode ser que Aguinaldo, lá no capítulo 100, resolva que ela chore para engravidar. (risos).

Ficou mais loira por conta da personagem? 

Já faz parte do meu ser. Estou amando. Segundo a astrologia minha essência é loira!

Parceria

Em Duas Caras, também do Aguinaldo Silva, sua personagem pratica pole dance…

O mais excitante de tudo é que estou voltando para o núcleo de comédia, uma coisa que não faço desde Pé na Jaca. Sai de uma vilã, Sandra [Êta Mundo Bom].Pra mim está sendo uma delícia.

Público

Como o público vai reagir a essas questões sexuais? 

O bacana é levantar questões. Não vamos levantar bandeiras, defendendo ou não. Mas a gente vai trazer à tona o que é a realização de fantasias de um casal dentro de quatro paredes. O que é certo ou errado? O que é permitido ou não? Existe pré-estabelecido?

Conservadorismo

Tem medo da onda conservadora, uma retaliação do público?

Não, não vem com esse intuito. Vem com o intuito de abrir horizontes, mostrar que existe…

A minha personagem também vem com uma fantasia. E é aí começa o conflito. A dele é calcinha…

Quando a gente estava fazendo a leitura, já tínhamos uma torcida de uma galera: a dela pode, a dele que não pode…

As suas fantasias já estão todas realizadas? 

Espero que não, gente. Vamos criando…

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio