Ana Furtado fala de sua participação na abertura de ‘Explode Coração’: “Não tenho vergonha nenhuma”

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Considerada uma apresentadora coringa, na Globo, Ana Furtado viveu nos últimos anos uma ascensão quase meteórica na carreira. Transformou a fama de ser apenas uma substituta em algo extremamente positivo para sua carreira e, de quebra, fez a internet amá-la.

Volta e meia, Furtado está entre os assuntos mais comentados nas mídias sociais, inclusive, como meme. Atualmente, apresenta o É de Casa e é substituta imediata de Fátima Bernardes, no Encontro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em conversa com o Observatório da Televisão, a global falou sobre a consolidação da carreira, lembrou dos trabalhos nas novelas Explode Coração e Caça Talentos e, ainda, mencionou o carinho que, costumeiramente, recebe do público.

Veja também: Ana Furtado fala sobre golpe que recebeu no rosto durante programa ao vivo

Parece que a grade do ano que vem da Globo vai ser renovada, e que a Angélica pode ganhar um programa diário. Você gostaria de ter um programa seu?

“Não. Eu gostaria de estar onde estou, trabalhando, conquistando cada dia mais espaço.”

Escrevi um texto sobre o seu sucesso. Como é o retorno do público?

“Muito positivo, e eu adoro. As pessoas me abordam com tanto carinho, dizendo: ‘Te assisto de manhã, adoro seu trabalho’. Hoje mesmo postei nas minhas redes sociais uma foto da Drica Tiririca, minha personagem em ‘Caça Talentos’. Além de ter muito prazer em trabalhar, eu tenho muito orgulho de tudo o que já fiz, até a abertura de ‘Explode Coração’, que está reprisando no Canal Viva. Foi um trabalho tão representativo na minha construção de carreira, que tenho orgulho de dizer que fiz parte desse trabalho.”

E apresentar um programa ao vivo, e ser comparada com a Ellen DeGeneres, por brincar mesmo em um programa sério?

“Jura? Se eu faço parecido com ela, inclusive, é um elogio, porque adoro o trabalho dela, não é algo que busco, apenas vivo aquele momento do jeito que fico mais a vontade e proponho fazer com mais prazer. Apesar de tamanha responsabilidade, tento viver com leveza.”

Tem coisas do ‘É de Casa’, que você também faz em casa?

“Aprendo muito no programa. Aprendi a tirar mancha de roupa. Outro dia até postei eu tirando a etiqueta do pote de maionese.”

Você é dona de casa que faz as tarefas domésticas?

“Faço tudo. Lavo louça, roupa, cozinho e aperto parafuso. Faço tudo.”

O que você mais gosta de fazer em casa?

“Cuidar da minha filha (risos).”

Você acredita que o sucesso na publicidade tem a ver com esse seu lado despojado, de não se levar a sério?

“Eu não tenho medo de mostrar quem eu sou, pois é meu maior tesouro, e me sinto tão bem sendo quem sou. Acho que sou tão verdadeira que acho injusto eu mostrar algo que não é verdadeiro. Mostro mesmo, e me sinto feliz assim. Não gosto de me esconder atrás de máscaras, pudores, e críticas. Tudo o que vier, enfrentarei de peito aberto.”

Você tem medo de alguma coisa?

“Tenho medo de violência. Quem sou eu para achar que vou agradar todo mundo? Não tenho essa pretensão. Agradeço tudo o que recebo e sigo a vida. Só quero ser feliz.”

Tem uma parábola que diz: ‘Não adianta ter doutorado e não cumprimentar o porteiro’. As meninas que trabalham na portaria da Globo, amam você…

“É maravilhoso! Gente, eu respeito todo mundo, porque todo mundo merece respeito, carinho e merece a minha atenção. Não sou diferente com ninguém.”

Você já tem mais de 20 anos de carreira, não é? Quando você olha para trás, o que sente?

“Sim, são 23 anos. É muito orgulho, chego a me emocionar. O mais importante da vida é nunca deixar de sonhar, e sempre serei uma sonhadora, porque é isso o que me move. Eu nem sabia que iria chegar onde cheguei, mas estava ali de cabeça, por inteiro. Você fazer uma coisa de coração, inevitavelmente nada resiste a esse esforço. Acho que minha carreira é por causa disso. Sou grata a tudo e a todos que me ajudaram. Por isso amo a abertura da novela ‘Explode Coração’, não tenho vergonha nenhuma, porque foi o projeto que me lançou.”

Como foi o retorno do público em relação ao acidente que você sofreu no ‘Encontro’, com o Marcelo Adnet?

“As pessoas ficaram apavoradas achando que eu tinha me machucado seriamente. Fiquei sensibilizada, porque isso demonstra esse carinho que as pessoas sentem por mim. Por um lado, me emocionou muito. Me senti muito querida, e na obrigação de responder a essas pessoas que eu estava bem. O retorno é muito mais gratificante, mais que a fama, dinheiro, e reconhecimento.”

A Fátima está apaixonada…

“Sou uma mulher apaixonada há 22 anos. Não tem coisa melhor no mundo. É maravilhoso. Acho que ela tem que se permitir. A gente não pode ter medo ou vergonha de ser feliz, nem pensar no que o outro vai dizer. Eu acho que ela é maravilhosa, e merece isso. É ótimo ela dar o exemplo que toda mulher tem que soltar a mulher gato que existe dentro dela. Eu acho fabuloso, sou muito fã da Fátima Bernardes.”

Saíram algumas notas dizendo que um canal fechado sonha com você no cast deles. Como é para você ser tão bem aceita no entretenimento?

“Todo o reconhecimento positivo é gratificante e me sinto feliz. É uma coroação de tudo o que venho fazendo nesses 22 anos de trabalho, construídos tijolinhos a tijolinhos. Sou muito grata ao telespectador que me quer e vou trabalhar com isso até onde eu conseguir.”

*Entrevista feita pelo jornalista André Romano.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio