Zeca pelo Brasil: Zeca Camargo retorna ao vídeo com programa “clichê de verão”

Programa desperdiça o talento do apresentador

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Festejada contratação da Band como diretor artístico, Zeca Camargo ainda não deixou sua marca na programação da emissora como executivo. No entanto, o jornalista retorna ao vídeo em especiais do Band Verão, que vem ocupando a linha de shows do canal no mês de janeiro. Um retorno fraco, se consideramos que Zeca Pelo Brasil é o típico “programa de verão” da televisão.

Houve um tempo em que emissoras abertas e pagas confundiam “programação de verão” com “programa feito na praia”. E tratava de transferir suas produções para as areias litorâneas do Brasil. Na prática, só mudava a paisagem. Era o mesmo programa de sempre, feito ao ar livre.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Zeca Pelo Brasil não é um programa de grade, portanto, não se enquadra na descrição acima. Mas, ainda assim, soa como um clichê de verão, ao colocar o apresentador passeando pelas areias do Rio Grande do Norte ao lado de convidados.

É uma atração com viés turístico, mas não agrega nada ao formato. Parece feito apenas para aproveitar a porção “viajante” de Zeca Camargo, conhecido por rodar o mundo com suas matérias.

Não é difícil fugir da fórmula pronta do programa de turismo. A própria Band já exibiu O Mundo Segundo os Brasileiros, que mostrava várias locações do planeta sob novas perspectivas. Já Zeca Pelo Brasil é apenas “mais do mesmo”. Viaja, mas não sai do lugar.

Desperdício

Trata-se de um desperdício do próprio Zeca Camargo, que tem uma bagagem cultural que o faz circular sob as mais variadas áreas. Tanto que, na Globo, fez de tudo um pouco. Mesmo escondido no É de Casa, ele ainda mostrava várias facetas, como seu gosto pela música e pela culinária.

Ou seja, a Band promoveu o retorno de Zeca ao vídeo num programa muito aquém de suas capacidades. Ao mesmo tempo, a emissora ainda não colhe os frutos de sua gestão à frente da direção artística. A emissora tem em mãos um profissional versátil e, portanto, devia aproveitá-lo melhor.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio