Sem função, Caio “sobra” em A Força do Querer

Enquanto Bibi mergulha no mundo do crime com Rubinho, Caio assiste de longe

Publicado há um mês
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ator de muitos e bons serviços prestados na telinha, Rodrigo Lombardi estourou junto ao grande público ao viver Raj, um dos heróis de Caminho das Índias (2009). Além de arrebatar os fãs, o ator caiu nas graças de Gloria Perez, que o escalou para papéis centrais em suas duas novelas seguintes: Salve Jorge (2012) e A Força do Querer (2017).

Nesta última, o ator repetiu a bem-sucedida dobradinha com Juliana Paes, que viveu Maya em Caminho das Índias. No entanto, ao contrário de Maya e Raj, Bibi e Caio não têm grande força enquanto casal na novela das nove. Na verdade, toda a trama que envolve Bibi é tão maior e mais envolvente que sua história de amor com Caio. Por isso, o mocinho acaba sobrando.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A edição especial de A Força do Querer que vem sendo exibida pela Globo atualmente deixa isso bastante claro. O relacionamento explosivo que Bibi mantém com Rubinho (Emílio Dantas) e a leva ao mundo do crime toma praticamente todo o espaço da história da “Perigosa”. Por isso, mesmo não sendo um mocinho, é Rubinho quem cumpre este papel romântico dentro da história de Bibi.

Caio tem seu papel dentro do enredo. Cabe a ele “resgatar” Bibi de volta ao caminho do bem. Entretanto, enquanto a protagonista cumpre sua escalada dentro do crime, não há muito para Caio fazer. Assim, o advogado aparece em cena apenas cumprindo tabela, tornando-se quase um “orelha”.

Circulando pelas histórias

O personagem de Rodrigo Lombardi só não some totalmente em A Força do Querer porque acaba se envolvendo em outras tramas dentro do enredo. Por exemplo, é ele o principal conselheiro de Silvana (Lília Cabral), pois sabe que a mulher de seu primo é viciada em jogo e tenta ajudá-la. Ele também está sempre presente junto aos problemas de Ruy (Fiuk) ou Ritinha (Isis Valverde), mesmo sem grandes motivos para isso.

Além de cuidar da vida de todos, Caio toca um romance pouco empolgante com Leila (Lucy Ramos). E só. Cabe ao personagem assistir de longe a história se desenrolar, até finalmente encontrar o seu final feliz ao lado de Bibi.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio