Monica Iozzi ‘matou’ o Vídeo Show e não repetiu sucesso em Vade Retro

Publicado em 30/06/2017

No ano passado, Monica Iozzi causou barulho ao anunciar sua saída do Vídeo Show, motivada pela desejo de focar na carreira de atriz.

A atitude da ex-CQC pegou meio mundo de surpresa. Como uma profissional que conseguiu tornar o vespertino novamente atrativo, sacudindo as redes sociais e abastecendo o noticiário, poderia deixar um projeto de sucesso?

Monica insistiu e acabou substituída por Maira Charken, que foi rejeitada e convidada a se retirar da atração com uma desculpinha esfarrapada. De lá para cá, muita gente passou pelo Vídeo Show, mas o programa voltou a ter problemas de audiência e repercute muito pouco.

Da mesma forma, Vade Retro, que marcou a primeira protagonista de Iozzi, Celeste. A série não cativou os telespectadores e, pior, a Globo desistiu da atração no meio do caminho.

Com baixos índices, Vade Retro teve que trocar de horário com Os Dias Eram Assim. O canal sequer deixou no ar a possibilidade de uma segunda temporada, anunciando para esta semana o “último capítulo” do enredo.

Ou seja, Monica Iozzi pode estar satisfeita profissionalmente, porém, neste primeiro momento, o rompimento não rendeu sucesso nem para ela, nem para o Vídeo Show.

Monica Iozzi e Maria Casadevall vão estrelar filme baseado em quadrinhos

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.