Fim da Loading escancara amadorismo e desrespeito com funcionários e o público

A emissora chegou prometendo vários projetos para os telespectadores

Publicado em 28/5/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lançada em dezembro de 2020 com a proposta de substituir o legado de emissora aberta destinada para a cultura pop deixado pela MTV, a Loading está encerrando sua programação inédita e ao vivo após seis meses no ar.

A princípio, a emissora chegou com a ideia de ser a casa do público geek, com uma programação recheada de conteúdo para o público jovem. Porém, cerca de 60 pessoas foram demitidas de uma forma completamente inesperada. Mas, vale ressaltar que a primeira semana da emissora já foi marcada por uma grande polêmica.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma equipe inteira de um dos programas do canal havia pedido demissão, após desentendimentos com a alta cúpula. Após isso, algumas mudanças aconteceram e a programação da emissora começou a ser bastante elogiada, principalmente por conta de seus apresentadores e repórteres.

Ainda que poucos, alguns patrocinadores começaram a surgir, mas a Kalunga, principal patrocinador da emissora, desistiu do investimento e deixou o projeto. Porém, tudo não passa de um gigante tiro no pé, afinal, era impossível esperar um retorno absurdo em apenas seis meses. O projeto estava começando a crescer, caminhando e já aparecendo entre os 10 canais mais assistidos da TV aberta.

Outro fato desastroso que pode ser apontado, é que alguns funcionários lamentaram a forma inesperada como ficaram sabendo da demissão. A maior parte deles, são bastante qualificados, conhecidos do público e deixaram suas funções em outras empresas para apostarem tudo no canal. Uma pena. A Loading deve continuar exibindo reprises de animes, mas ainda não sabemos até quando.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio