Band desmoraliza a vencedora do Emmy Internacional

Emissora apresentou edição desqualificada de Ouro Verde e colheu rejeição do público

Publicado há 10 dias
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Certamente os leitores que acompanham as notícias do Observatório da TV se recordam quando lá em 2019, logo ao anunciarmos a compra de Ouro Verde pela Band, sintetizamos o estrago que a trama portuguesa poderia causar à emissora dos Saad, uma vez que estariam descontinuando o filão de novelas turcas projetadas na grade do canal com resultados dos mais interessantes nos cinco anos anteriores e consequentemente destruiriam uma audiência fiel construída arduamente.

Um ano e dois meses depois, na noite desta segunda (14) a trama escrita pela renomada Maria João Costa e vencedora do Emmy Internacional como a Melhor Novela de 2018, concluiu seu ciclo na emissora completamente desmoralizada.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pedro Carvalho participou de Ouro Verde, novela da TVI (Reprodução: TVI)

Comprada a pedido do dono, João Saad, amigo de longa data de José Eduardo Moniz, um dos executivos da TVI (canal português que produziu a telenovela) que lhe ajudou com as negociações, Ouro Verde chegou ao Brasil cercada de expectativas por gente que desconhece o mínimo da própria história da Band.

Diogo Morgado e Joana de Verona como Jorge e Bia no último capítulo de Ouro Verde (Reprodução / Twitter)

A valer pela maneira trágica com que foi tratada, abaixo do aceitável, Ouro Verde cambaleou muito, não atraiu audiência, tampouco repercutiu. Uma ala da emissora demonstrou insatisfação com o que foi feito com a trama. “Oportunidade perdida”: disse um executivo da emissora em há poucos meses para nossa reportagem.

O tom soturno e a narrativa complexa e cheia de reviravoltas, repleta de mistérios, algo típico das grandes séries policiais e de suspense, não foram elementos o suficiente para despertar o interesse do público. E nem seria possível dentro das condições que ela foi proposta ao público, com um edição porca e inaceitável, que ocasionou perca total de toda a história, tornando-se um produto indigerível, com personagens cheios de nuances e incompreendidos.

Bia (Joana de Verona) em Ouro Verde (Reprodução/TVI).

Por fim, Ouro Verde saiu do ar e abriu espaço para Floribella, que estreia na noite desta terça (15) após a Band dar uma verdadeira canseira no público. A mesma terá a missão de garantir um desempenho menos pior que a antecessora. Serão vários os desafios, além da quebra de público, levando em consideração que essa trata-se de uma infanto-juvenil.

O triste episódio que configurou-se Ouro Verde na Band, escancara a falta de planejamento de programação, o desrespeito com próprio público e reforça a velha história que se repete todo ano de que a emissora não é capaz de aprender com os próprios erros.

Canal viva exibiu Novamente Apaixonados, novela turca produzida pela FOX (Reprodução: FOX Turquia)

Em tempo, as novelas turcas migraram para o Viva, canal do Grupo Globo. Com Verdades Não Ditas e Novamente Apaixonados (a mais recente), elas elevaram em 3% a audiência no horário e tornaram-se o produto mais assistido da TV paga durante seu horário de exibição. Você quer, Band?

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais