Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Quinta estrela

Penta 20 anos: apenas três campeões em 2002 estão na TV como comentaristas esportivos

Heróis da conquista no Japão tentaram vaga na televisão; saiba quem continua no ar

Publicado em 30/06/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Há exatos 20 anos, o brasileiro acendia a churrasqueira e botava a cerveja para gelar em plena manhã de domingo para assistir à final da Copa do Mundo de 2002, no Japão. Às 8h30 (horário de Brasília), começava o jogo que estampou a quinta estrela na Amarelinha e eternizou 23 jogadores como heróis. Duas décadas depois, eles se espalharam no futebol e fora dos gramados. Atualmente, apenas três pentacampeões trabalham na televisão como comentaristas esportivos.

Às vésperas do aniversário do quinto título mundial, tornou-se cada vez mais comum ver na TV atletas daquela seleção histórica. Na terça, por exemplo, Luizão participou do Gol Show, quadro do Programa do Ratinho. Cafu, capitão do penta, participou da transmissão da final da Champions League no TNT Sports. Nesta sexta, Lúcio, Ricardinho e Edílson participarão de uma celebração no SporTV com a presença de Zeca Pagodinho, intérprete do “hino” da Copa de 2002, “Deixa a Vida me Levar”.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Dos 24 selecionados pelo técnico Luiz Felipe Scolari, muitos tentaram a sorte na TV. Ronaldo chegou a comentar jogos do Brasil na Copa de 2014 (vendo da cabine da Globo o fatídico 7 a 1 da Alemanha e o artilheiro Klose ultrapassá-lo no ranking de maiores goleadores da história dos Mundiais). Hoje, além de ser presidente do Cruzeiro, comanda sua própria plataforma, a Ronaldo TV, com conteúdos na Twitch e no YouTube.

Vampeta, eternamente lembrado pelas cambalhotas na rampa do Palácio do Planalto, trabalhou na Gazeta até setembro de 2021 e saiu meses depois de ter minimizado um episódio de racismo envolvendo Gerson, ex-Flamengo. Edílson deixou a Band em outubro de 2021, após passagens pelos programas Os Donos da Bola e Jogo Aberto.

No Grupo Globo, Belletti foi comentarista esportivo entre 2012 e 2016. Roque Junior, por sua vez, trabalhou nas transmissões de futebol e nos programas esportivos durante um ano, de fevereiro de 2021 a março de 2022.

Mas, afinal, quais são os únicos pentacampeões que continuam na TV? O mais antigo em atividade está na Band há 12 anos: Denílson. O “reserva de luxo” de Felipão, perseguido por quatro turcos na semifinal de 2002 em narração consagrada por Galvão Bueno, é titular do Jogo Aberto em uma bem-sucedida tabelinha com Renata Fan.

Na decisão contra a Alemanha, Edmílson ficou marcado por se enrolar tentando vestir a camisa amarela cheia de tecidos, interrompendo a partida e arrancando risadas até do árbitro. Na TV, o zagueiro coleciona passagens pelo SBT. Foi jurado do reality esportivo Menino de Ouro, em 2013, e integrou o elenco do primeiro Arena SBT, em 2014. Após convites para participar de transmissões da Libertadores, foi oficialmente anunciado como comentarista fixo em abril deste ano.

Último atleta convocado por Felipão para o lugar de Emerson, que se lesionou durante um treino antes do início da Copa, Ricardinho trabalha há quatro anos como comentarista de futebol em transmissões do SporTV, Premiere e da Globo. Também participa de programas como Seleção SporTV, Tá na Área, Troca de Passes e Bem, Amigos, na TV paga, e Globo Esporte.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....