Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Exclusivo

Fofão zomba de Lula no Instagram e irrita fãs; dono de perfil diz que sofreu ataque hacker

Conta de personagem compartilha mentira de que ex-presidente cortou o próprio dedo

Publicado em 16/01/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O Instagram de Fofão, personagem icônico da TV nos anos 80, fez uma publicação de cunho político que desagradou os fãs na tarde deste domingo (16). A postagem comparava, com ironia e desrespeito, a facada sofrida por Jair Bolsonaro, em 2018, e o acidente de trabalho em que Lula perdeu o dedo, em 1963. Procurado pela coluna, o responsável pelo perfil afirmou ter sofrido um ataque hacker e que invasões são recorrentes.

Após a morte do criador de Fofão, Orival Pessini, em outubro de 2016, seu legado artístico ficou sob responsabilidade da família do ator e do empresário Álvaro Gomes, que administra as redes sociais do alienígena ao lado do humorista Joãozim Pé de Feijão. Eles ficaram surpresos e revoltados quando souberam pela coluna que uma publicação de teor político havia aparecido no Instagram do personagem infantil.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A postagem é a captura do tweet de um perfil intitulado “Dama de Ferro”, apelido da ex-primeira-ministra britânica Margareth Thatcher, com uma imagem dela na foto de perfil. A ex-premiê é cultuada por eleitores de direita e extrema-direita. No Twitter, a conta publicou esta comparação desrespeitosa que foi compartilhada no Instagram de Fofão:

“Não acredito que uma pessoa tenha coragem de levar uma facada para se dar bem… No máximo cortaria o dedo!”

O tweet é de 17 de julho de 2021, data em que a Justiça arquivou o processo contra Adélio Bispo, autor da facada contra Jair Bolsonaro. O perfil de extrema-direita rebateu a tese de que o presidente havia forjado o atentado mentindo que Lula cortou de propósito o dedo mínimo da mão esquerda. Na verdade, o ex-presidente teve o dedo esmagado por uma máquina quando trabalhava como metalúrgico e precisou ser submetido a uma amputação.

Seguidores de Fofão se enfureceram com a publicação, seja porque apoiam Lula e repudiam Bolsonaro, seja porque discordam de postagens políticas em um perfil dedicado a um personagem infantil. Alguns fãs deram unfollow na conta.

Instagram de Fofão compartilha postagem de teor político (Reprodução/Instagram)

A coluna procurou Álvaro Gomes, que cuida de produtos e ações de marketing relacionadas a Fofão. O empresário se desesperou e, imediatamente, entrou em contato com Joãozim Pé de Feijão, nome artístico do humorista que controla o Instagram do alienígena criado por Orival Pessini. “Nunca deixamos misturar [Fofão com política]. Somos apolíticos”, esclarece Álvaro à coluna. “Pessini já recusou propostas milionárias para fazer shows políticos.”

Em 2016, Orival Pessini proibiu a Carreta Furacão, companhia artística que virou meme, de utilizar Fofão em um ato contra a então presidente Dilma Rousseff. “Deixei bem claro para eles que não autorizo a participação do meu personagem em qualquer tipo de manifestação política. Se eles usarem… vamos ver. Não quero briga com ninguém, mas tenho que defender os meus direitos”, avisou ele em entrevista a este colunista, para o portal UOL.

“Procuro ser isento de posições políticas. Não para ficar em cima do muro, eu tenho minhas opiniões, mas evito porque o pessoal não sabe separar o ator dos personagens. E eu sou de um tempo em que se discutia política. Hoje não se discute, se briga. Para evitar esse ódio que está no ar de alguns, procuro evitar o máximo possível”, afirmou Pessini, na mesma entrevista.

Criador do Instagram de Fofão, Joãozim apagou a postagem assim que a coluna informou sobre a publicação indevida. Segundo ele, a conta é alvo constante de invasões e ataques. O artista tomará medidas contra o hacker: “Essa semana fiz a verificação em duas etapas, em que o Instagram envia um código para o meu celular. Fiz justamente porque acontece frequentemente. Não gosto de política, Pessini detestava política e não tem nada a ver com o Fofão. Quer me tirar do sério? Mexe com o Fofão. É como mexer com a minha mãe”.

A postagem de cunho político ficou uma hora no ar. Minutos depois de ter sido apagada, Joãozim Pé de Feijão divulgou um esclarecimento.

“Nós, da equipe do personagem Fofão, estamos aqui para esclarecer um ato criminoso. Alguém com má-fé está usando nosso perfil para fazer publicações de cunho político. Nós entraremos com uma medida contra essa pessoa, pois nenhum dos personagens do saudoso Orival Pessini tinha qualquer intenção dessa natureza. Logo, pedimos a compreensão dos fãs. Saiba que nenhum dos membros responsáveis pelo personagem veio por meio desta rede social expôr quaisquer posição.

Não fomos nós!

Por respeito a vocês e a todos que amam o Fofão, peço que entrem em contato comigo caso isso venha a acontecer novamente.”

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....