Resposta

Ex-Domingão defende Faustão e rebate acusação de assédio: “Grandes diretores da Globo fazem”

Mario Meirelles repercutiu declarações de Alberto Luchetti Neto, ex-diretor de Fausto Silva

Publicado em 15/06/2023

Acusado por um diretor de assédio moral e de ter sido responsável por um suicídio, Fausto Silva recebeu apoio de outro profissional histórico do Domingão. Mario Meirelles, em sua rede social, rebateu os ataques de Alberto Luchetti Neto ao apresentador, em entrevista à revista Veja, e criticou o compliance da Globo, onde trabalhou durante 35 anos.

“Vou defender aqui o apresentador Fausto Silva. Trabalhamos algumas vezes, e no mesmo período desse diretor eu fui escalado para ajudar o Jayme Praça na crise do programa. Fausto é uma das pessoas mais educadas e carinhosas com sua equipe. Suas grosserias no ar sempre foram sua marca, mas fora dali, nos presenteava com camisas, relógios, e até dinheiro para quem estava em dificuldades. O próprio Caçulinha fui prova de quanto Fausto o ajudou”, escreveu Meirelles no Instagram.

“Agora assédio moral alguns grandes diretores da Globo fazem e o compliance é uma vergonha, deveriam estar todos demitidos. Cada dia aparece um caso e nada acontece, ao dar um Google e ver quem é o diretor mais processado por assédio e nada acontece”, detonou.

Ex-profissionais do Domingão, como as bailarinas Bruna Padovani e Nathália Zannin, reforçaram a defesa ao apresentador nos comentários da publicação. Fiuk também curtiu a postagem de Mario Meirelles, que na Globo também dirigiu Xuxa Meneghel, Luciano Huck e Roberto Carlos, entre outros artistas.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade