Globoplay

Sucesso de 1980, essa novela diferente e inovadora será resgatada pela Globo

Protagonizada por Tony Ramos e Sônia Braga, trama é parte do Projeto Fragmentos

Publicado em 10/12/2023

Os fãs de novelas antigas podem comemorar. Uma trama que fez sucesso na década de 1980 será resgatada pela Globo. Ou pelo menos, o que sobrou dela.

Parte do Projeto Fragmentos, a novela Chega Mais será disponibilizada no Globoplay a partir de janeiro de 2024. Como o próprio nome indica, os pedaços que a emissora ainda tem da produção.

Assim como vários folhetins da mesma época, a obra de Carlos Eduardo Novaes não está completa. Pouco restou dos 158 capítulos e apenas essas partes serão disponibilizadas no streaming, para que o público conheça um pouco da trama.

Exibida originalmente entre março e setembro de 1980, Chega Mais foi considerada uma novela diferente e inovadora. A história, que contou com argumento de Walther Negrão, apresentou personagens nada maniqueístas. A começar pelos protagonistas, dois antiheróis que faziam tudo para se dar bem.

Renata Sorrah e Osmar Prado em Chega Mais
Renata Sorrah e Osmar Prado em Chega Mais

A produção começa com Gelly (Sônia Braga) sendo abandonada em pleno altar pelo noivo, Tom (Tony Ramos). Mas tudo não passava de uma armação do rapaz. Ao longo da produção, eles passaram por vários conflitos e enfrentaram diversas reviravoltas para ficarem juntos.

A ideia dos nomes foi claramente inspirada no desenho Tom e Jerry, sobretudo para pontuar a relação de gato e rato entre os dois. Tanto que a novela teria o título de Tom e Gelly, mas a Globo desistiu dos direitos. Então, optou por batizar a história com o nome de uma música de Rita Lee, que virou tema de abertura.

Conhecida por ser a última novela de Sônia Braga nessa época (ela só voltaria às novelas dezenove anos depois, em Força de Um Desejo; e depois em Páginas da Vida), Chega Mais contou com um grande elenco. O núcleo de Renata Sorrah (Lúcia) e Osmar Prado (Amaro) foi um que conquistou os telespectadores.

Reprisada em 1983 no programa TV Mulher, Chega Mais teve média de 49 pontos de audiência, dois a menos que a antecessora, Marron Glacê; mas acima da sucessora, Plumas e Paetês.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade