Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Vem mais por aí

Além de Poliana Moça, Íris Abravanel entrega que SBT já produz outra novela: “Será gravada simultaneamente”

Novidade foi anunciada durante coletiva de imprensa na manhã desta terça (15)

Publicado em 15/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Adaptadora de Poliana Moça, novo cartaz do SBT com estreia agendada para segunda (21), às 20h30, Íris Abravanel surpreendeu imprensa e espectadores que acompanhavam a coletiva de imprensa da novela na manhã de hoje, ao revelar que a emissora tem intenções além desta obra. “Será gravada simultaneamente”, informou a novelista.

Além destas, o filme inspirado na própria obra de Eleanor H. Porter (criadora da história) também tem chances de ser retomado. O assunto veio à tona quando Íris Abravanel foi questionada sobre a possibilidade ou a vontade de apostar em uma outra obra literária futuramente.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Íris Abravanel em entrevista coletiva (Reprodução: YouTube)

“Eu já pensei sim, mas nós temos tantos projetos, pode ser que um dia nós possamos fazer e tenhamos mais tempo também. Agora nós temos duas novelas – estamos preparando a outra que será gravada simultaneamente, e o filme.

Nós temos muitas atividades por enquanto, mas penso sim”, contou ela, que participou da coletiva de maneira virtual, diretamente de Orlando, na Flórida.

Na história, SBT já teve até três novelas inéditas no ar simultaneamente, mas não eram gravadas num mesmo período, entenda

Da implantação do departamento de dramaturgia na década de 80, o SBT chegou a gravar uma novela por vez e colocar no ar até três inéditas de maneira simultânea. Isso teve um curto período, chegando a pouco mais de um ano dentro desse modelo de produção.

Na década de 90, após um retomada no campo de novelas, a emissora apostou em uma produção por vez no ar e em produção. Entretanto, das oportunidades que tiveram duas obras inéditas no ar, a emissora só produzia apenas uma por vez.

Como exemplo, Chiquititas foi uma novela gravada na Argentina e exibida no Brasil ao mesmo tempo de Pérola Negra, que já estava completamente pronta.

Ossos do Barão e O Direito de Nascer também entraram no ar gravadas ao tempo em que outra estava em produção.

SIGA ESTE COLUNISTA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM E TWITTER

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....