Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Crítica

Negligenciado na TV aberta, jovem ganha novo espaço no Matéria Prima

Emissora ressuscita título clássico e volta a mirar no adolescente

Publicado em 27/11/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Novidade da TV Cultura, o novo Matéria Prima veio com a mesma proposta do clássico que Serginho Groisman comandou em 1990: ser um espaço para o jovem na televisão. Rafael Cortez, que comanda a nova empreitada, ressalta que não se trata do mesmo programa, e é verdade. Mas o “espírito” é bem parecido.

Na prática, Matéria Prima é um programa de TV convencional. Rafael Cortez, diante de uma pequena plateia, recebe convidados para uma entrevista, discute assuntos e abre espaço para a música. O jovem participa mandando perguntas pelas redes sociais, e a plateia também participa da conversa.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O diferencial é a maneira como o Matéria Prima é feito. Produzido no campus da Universidade Cruzeiro do Sul, o programa envolve estudantes de comunicação em sua produção. Ou seja, é, ao mesmo tempo, um programa de TV e um laboratório. Proposta interessante.

Mas, para o espectador, se trata de um programa de entrevistas com música. Um formato nada novo, mas que andava meio em baixa na TV aberta. Só por isso, o novo Matéria Prima já diz a que veio. Rafael Cortez é um apresentador burocrático. Faz o que se espera, é simpático com seus convidados e conduz bem suas atrações.

Porém, o maior trunfo do Matéria Prima é trazer o jovem de volta para a TV. Trata-se de um segmento de público cada vez mais desassistido da televisão aberta. Por isso, para que o Matéria Prima cresça e se aprimore, o ideal é, cada vez mais, abrir espaço para debates sobre assuntos que interessam ao adolescente. Ver uma boa entrevista com uma celebridade é legal, mas um bom debate com o frescor da juventude sempre rende boas ideias.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Leia outros textos do colunista AQUI

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....