Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Comentário

Em Um Lugar ao Sol, melhor caminho para Lara é ser feliz sozinha

A mocinha da novela não merece um mau caráter como Christian

Publicado em 07/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Há três semanas de seu desfecho, Um Lugar ao Sol leva seu protagonista Christian (Cauã Reymond) cada vez mais para o fundo do poço. O falso Renato já se deixou levar por sua sede de poder e, ao conquistar a presidência da Redentor, destrata Ravi (Juan Paiva) e Lara (Andreia Horta), as duas pessoas que ele diz amar.

Do início da novela até aqui, Christian só se tornou uma pessoa pior. Sendo assim, nada indica que ele mudará da água para o vinho até os derradeiros episódios da trama de Lícia Manzo. Por isso, é fácil concluir que Lara não merece ter como desfecho perdoar Christian e “ser feliz” ao seu lado. Lara merece ser feliz sozinha.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Tudo bem que Lara não é a mocinha de novela mais bacana. Seu jeito meio “ditadora de regras” a deixou um tanto chatinha. Ainda assim, Lara é uma boa pessoa. É honesta, trabalhadora, prestativa e disposta a tudo para agradar a quem ama. Assim, não faz muito sentido que ela termine nos braços de Christian, que merece pagar por tudo o que fez.

Ravi também deve despontar como interesse amoroso de Lara nesta reta final. O reencontro até que faz sentido, se lembrarmos que Ravi era apaixonado por ela no início da novela. Ou seja, será um sentimento redescoberto. Entretanto, é evidente que o que os une é uma forte amizade. Ao que tudo indica, esta reaproximação será uma confusão de sentimentos. Não deve durar muito.

Assim, melhor que Lara fique sozinha. O melhor desfecho para a mocinha é ser livre, independente e realizada dentro de suas ânsias profissionais. E Um Lugar ao Sol, tão contemporânea no que se refere à abordagem do universo feminino, daria seu recado ao mostrar ao público que felicidade não está, necessariamente, condicionada a um relacionamento amoroso.

Leia outros textos do colunista AQUI

Entre em contato com André Santana AQUI ou AQUI

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....