Os 30 anos de Pantanal são o assunto da semana

Novela de Benedito Ruy Barbosa fez história na extinta Rede Manchete

Publicado há 2 meses
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de quase 20 anos escrevendo para a TV Globo, com uma breve passagem de cerca de dois anos na Rede Bandeirantes, Benedito Ruy Barbosa estreou em 1990 na Rede Manchete um projeto audacioso, mas que compensou todos os riscos: a novela Pantanal.

Projeto acalentado pelo autor desde o começo dos anos 1980, Pantanal levou Benedito de volta à faixa nobre da teledramaturgia brasileira, após anos como “a base da pirâmide”, como definido por José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, vice-presidente de Operações da TV Globo, em relação ao horário das 18h.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na TV Tupi, por exemplo, Benedito havia escrito para a faixa das 20h dois sucessos entre 1966 e 1967, estrelados por Sérgio Cardoso e Rosamaria Murtinho: Somos Todos Irmãos e O Anjo e o Vagabundo. Às 18h na Globo veio uma série de sucessos, entre os quais Cabocla (1979), Paraíso (1982) e Sinhá-Moça (1986).

Por diversos motivos, Pantanal marcou época na televisão brasileira. A mescla de uma narrativa envolvente, com toques de realismo mágico e erotismo, trilha sonora bem escolhida e um show de imagens da região do Mato Grosso levou a Manchete a índices de audiência nunca mais repetidos por suas novelas. Confira o TBT da TV desta semana:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais