Há 10 anos perdíamos John Herbert, um dos pioneiros da nossa TV e grande nome do cinema nacional

Ator está no ar em duas reprises do Canal Viva: A Viagem e a temporada 1995 de Malhação

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 26 de janeiro de 2011, portanto, já há 10 anos completos, o Brasil perdia o ator John Herbert Buckup, aos 81 anos. Ele nasceu em São Paulo a 17 de maio de 1929, filho de uma família de alemães ligados à indústria e ao comércio, e por muito pouco não representou o País como nadador nas Olimpíadas.

No início dos anos 1950, John Herbert entrou de vez para a vida artística, e como muitos de sua geração ele estreou quase ao mesmo tempo no cinema, no teatro e na televisão. Em 1953 o ator estreou com Eva Wilma, sua esposa por mais de 20 anos, uma série que duraria mais de uma década no ar na TV Tupi: a clássica Alô, Doçura!.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O mesmo ano marcou o primeiro filme de John: Uma Pulga na Balança. Viriam mais seis dezenas, tanto como ator quanto como diretor. Alguns dos filmes de sua carreira foram O Caso dos Irmãos Naves, O Gosto do Pecado, Ariella, Já Não se Faz Amor Como Antigamente e A Menina do Lado.

Na televisão, o ator começou a fazer novelas nos anos 1960, depois do fim do Alô, Doçura!. John Herbert integrou o elenco de novelas de quase todas as emissoras: Fatalidade, Sublime Amor, O Machão, Gaivotas, Plumas e Paetês, Vereda Tropical, Que Rei Sou Eu?, Cortina de Vidro, Lua Cheia de Amor, Cabocla e Sinhá-Moça foram algumas delas.

Entre 1994 e 1995, o ator participou de dois trabalhos que agora estão no ar no Canal Viva simultaneamente: viveu o Agenor de A Viagem e o Nabuco da primeira temporada da soap opera Malhação. O In Memoriam do Observatório da TV fala do talentoso John Herbert. Confira o vídeo!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio