Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
DECISÃO CRIATIVA

Grey’s Anatomy ‘cura’ Covid-19 e faz temporada em mundo pós-pandemia

Showrunner do drama médico, Krista Vernoff explica porque a série acabou com o surto viral

Publicado em 02/10/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

[Atenção: spoilers a seguir]
Após episódios totalmente cercados pelo novo coronavírus, Grey’s Anatomy mudou de foco na 18ª temporada. A decisão criativa dos roteiristas e produtores foi criar um mundo ficcional onde a Covid-19 foi erradicada e todas as pessoas voltaram à normalidade, sem a exigência do uso de máscara, desobediência ao distanciamento social e com direito a aglomeração em bar.

Antes mesmo de começar o capítulo de estreia da nova leva, exibido nos Estados Unidos na última quinta-feira (30), a série colocou um aviso sobre a repaginada na trama que dizia:

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Nesta temporada, Grey’s Anatomy retrata um mundo pós-pandêmico que representa a nossa esperança para o futuro. Na vida real, a pandemia ainda assola a comunidade médica.

Acompanhado do recado estava um endereço de um site no qual, o telespectador americano, tem acesso a mais informações do surto viral e pode saber como se prevenir com a vacinação e cuidados higiênicos.

A produtora Krista Vernoff durante entrevista (Reprodução/ABC)

Produtora explica

Na 17ª temporada, a Covid-19 foi tudo em Grey’s Anatomy, a ponto de contaminar Meredith Grey (Ellen Pompeo), a protagonista. Agora, a cidade de Seattle, onde a série é ambientada, vive um êxtase após o fim das restrições sanitárias, com festança e aglomerações. Lembrando: os médicos personagens foram vacinados na leva de episódios anterior.

Em entrevista para o site Deadline, a showrunner de Grey’s Anatomy, Krista Vernoff, justificou a “cura” do novo coronavírus na narrativa. “Na última temporada, nós mergulhamos na pandemia. Algumas séries fizeram um, dois episódios. Nós fizemos uma temporada inteira“, relembrou. “Desta vez, achamos importante não estar em uma pandemia.

Nós queríamos fazer algo mais clássico [antigo normal], por isso optamos por colocar aquele aviso antes da temporada iniciar“, falou Krista.

A produtora entende que alguém possa achar irritante ver a série e comparar com a realidade dos hospitais, nos quais profissionais ainda encaram a pandemia, “mas queríamos mostrar os rostos deles [personagens] de novo“. Ela torce para os fãs compreendam isso e que o mundo ficcional de Grey’s Anatomy seja um escape, “uma esperança do que possa ser o nosso futuro“.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....