Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
CARTILHA ANTIVAX

Atriz recusa tomar vacina contra Covid-19 e é demitida de série do Starzplay

Andrea Bordeaux, da atração Run the World, não obedeceu as diretrizes do protocolo contra o vírus letal

Publicado em 05/02/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A cartilha vigente em Hollywood a favor da vacina contra a Covid-19 causou outra baixa. A atriz Andrea Bordeaux, da comédia Run the World (Starzplay), foi demitida por não obedecer os protocolos obrigatórios no combate ao novo coronavírus. Integrantes do elenco só podem trabalhar se estiverem imunizados.

Andrea fazia parte do quarteto protagonista e, segundo o site Deadline, a personagem dela será descartada na segunda temporada. Em postagem no Instagram, a atriz defendeu a escolha e afirmou que foi sim demitida, contrariando algumas publicações.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O Deadline, por exemplo, trouxe a informação que a Lionsgate conversou com Andrea Bordeaux e ouviu as queixas sobre a obrigação da vacina. Mas os dois lados não chegaram a um acordo. Ela disse que “a Lionsgate não fez esforço algum para encontrar uma solução. Eu fui demitida.”

“Meu coração está com as pessoas ao redor do mundo que sentem que estão perdendo muitas coisas devido à escolha de permanecerem firmes com as próprias convicções e honrar crenças essenciais”, escreveu Andrea na rede social. Ela aproveitou para agradecer o apoio dado pelos fãs, trouxe boas recordações do tempo em que atuou em Run the World e disse estar em paz com a decisão tomada.

Cerco contra o vírus

Estúdios e produtoras de Hollywood implementam políticas rígidas contra a Covid-19. A obrigação da vacina provocou demissões recentes, como Emilio Estevez, da série Virando o Jogo dos Campeões, e Rockmond Dunbar, de 911; o pedido de isenção feito por Dunbar, por questões médicas e religiosas, foi recusado.

A Lionsgate, produtora de Run the World, é um dos estúdios de Hollywood que adota o protocolo obrigando a vacinação de atores e profissionais que trabalham diretamente com o elenco. Estão no mesmo time a Netflix e a Disney (Virando o Jogo dos Campeões e 911 fazem parte do grupo da dona do Mickey Mouse).

Gravada em Nova York, Run the World acompanha um grupo de mulheres negras, vibrantes, ferrenhas, leais e melhores amigas, que trabalham, moram e se divertem no Harlem, bairro da cidade.

Veja a postagem de Andrea Bordeux no Instagram:


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....