Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
OFICIAL

Disney+ define data de estreia das 6 séries da Marvel que estavam na Netflix

Novo controle parental entra em vigor junto com a entrada do sexteto de atrações

Publicado em 09/05/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O streaming Disney+ definiu a data de estreia das seis séries da Marvel que estavam na Netflix. As atrações Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage, Punho de Ferro, Defensores e O Justiceiro entram no catálogo em 29 de junho. Na mesma data, passa a vigorar um novo controle parental na plataforma devido ao conteúdo das tramas desse sexteto, todas voltadas ao público adulto.

Os assinantes do Disney+ serão solicitados a atualizar o controle parental do perfil para acessar o catálogo completo, que a partir de 29 de junho incluirá conteúdo para +16 e +18 anos, com a adição dessas seis produções da Marvel. A atualização lhes permitirá restringir o conteúdo de cada perfil, bem como adicionar um PIN de bloqueio.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Os assinantes que preferirem manter suas configurações parentais atuais no perfil continuarão a desfrutar do conteúdo Disney+ em um ambiente para maiores de 14 anos, com a opção de alterar a qualquer momento os controles parentais na seção Editar Perfil.

Em fevereiro, o grupo Disney optou por não renovar o contrato com a Netflix acerca dessas seis séries. A decisão de romper a parceria com a rival fez a dona do Mickey Mouse perder milhões de dólares. O objetivo era justamente o que ocorrerá no próximo mês: juntar o sexteto com todas as outras séries e filmes da Marvel já presentes no Disney+.

Desde então, a dúvida seria em qual plataforma essas atrações ficariam disponíveis. Isso por causa do conteúdo adulto pesado em cada uma das séries, de sexo selvagem a violência brutal. Colocá-las em uma plataforma paralela, como o Star+ aqui no Brasil, iria confundir mais o público fã da Marvel. 

A solução foi inseri-las no Disney+ familiar mesmo, ativando um novo controle parental. ⬩

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....