reta final

Chocolate com Pimenta: Sem perspectiva, Celina vê luz no fim do túnel com plano de Guilherme para se livrar de Klaus: “É a única maneira”

Mocinha se esconde do marido

Publicado em 26/05/2023

Desde que fugiu de casa para evitar se entregar a Klaus (Cláudio Corrêa e Castro), Celina (Samara Felippo) tem passado os dias no hotel de Margot (Rosamaria Murtinho) em Chocolate com Pimenta. E nos próximos capítulos, ela recebe a visita de Guilherme (Rodrigo Faro) que garante que encontrou uma maneira jurídica de livrá-la do conde.

Depois de presentear a amada com um ovo de Páscoa feito por Ana Francisca (Mariana Ximenes), Guilherme toca no assunto. “Eu acho que eu descobri uma maneira de você se livrar daquele conde. Veja, Celina. É uma questão jurídica. Assine aqui“, diz o advogado, que mostra um papel e entrega uma caneta para a mocinha.

Ai, Guilherme”, comemora ela, que não consegue esconder a felicidade e assina. Os dois, então, se beijam apaixonadamente. “Agora mais do que nunca nós devemos tomar cuidado. Nós temos que evitar os nossos sentimentos. Celina, me ouça. Essa é a única maneira de você se livrar daquele conde”, fala o amigo de Danilo (Murilo Benício).

Celina (Samara Felippo) e Graça (Nívea Stelmann) de Chocolate com Pimenta
Celina (Samara Felippo) e Graça (Nívea Stelmann) de Chocolate com Pimenta

Graça confronta Guilherme sobre Celina

E por falar na trama de Walcyr Carrasco, Sebastian (Tarcísio Filho) descobre o paradeiro de Celina. Com a informação sigilosa, ele manda Graça (Nívea Stelmann) observar os passos de Guilherme de perto, já que ele é o advogado que está defendendo Ana Francisca e, em troca, lhe contará o paradeiro da mocinha.

Cenas depois, a vilã descobre que o marido vai viajar para tentar encontrar alguma prova a favor da protagonista. Disposta a descobrir algo, ela confronta o advogado e tenta descobrir alguma informação, mas ele se irrita e não responde às perguntas da esposa.

“Eu sou advogado. Eu não posso te contar. Quantas vezes eu já te disse que eu não gosto que me faça perguntas sobre os meus processos?”, reage Guilherme, que não esconde a irritação. “Ai… Perdão. É apenas interesse pelo seu trabalho, querido“, inventa a sonsa, que não deixa transparecer seu descontentamento.