Megera em apuros

Amor Perfeito: Após depoimento de Leonel, juiz dá voz de prisão a Gilda: “Tentativa de assassinato”

Júlio esclarece sobrevivência de Leonel no tribunal

Publicado em 18/09/2023

Finalmente chegou a hora de Gilda (Mariana Ximenes) começar a pagar pelos crimes que cometeu. Nos próximos capítulos de Amor Perfeito, ela será acusada pelo próprio Leonel (Paulo Gorgulho) de ter tentado matá-lo no passado e acabará recebendo voz de prisão em pleno tribunal.

Depois de Leonel recuperar a memória e vociferar diante de todos que Gilda tentou matá-lo, Júlio (Daniel Rangel) se vê obrigado a esclarecer a situação.

Meritíssimo, esse homem é o senhor Leonel Rubião! Felizmente ele sobreviveu à tentativa de assassinato cometida pela senhora Gilda Rubião, oito anos atrás, e vai esclarecer neste tribunal todos os fatos ocorridos!“, explica o filho de Verônica (Ana Cecília Costa).

O magistrado, então, chama Leonel para depor. “Meu nome é Leonel Rubião. Tenho 68 anos. Estou aqui para relatar o crime cometido contra mim e o motivo que levou aquela mulher, que era minha esposa, a tentar me matar!“, inicia o pai de Marê (Camila Queiroz).

Ele explica que, na noite do crime, recebeu fotos que comprovavam o adultério de Gilda com Gaspar (Thiago Lacerda). “Eu mandei a Gilda embora da minha vida no mesmo instante e saí do meu escritório, enojado. Só que ela não se conformou.

Pegou a arma que eu guardava numa gaveta, foi atrás de mim e, com uma frieza inacreditável, atirou em mim duas vezes. Na segunda, acertou. Eu só não morri por um milagre“, explica o ricaço. “Diante das declarações feitas pelo sr. Leonel Rubião, eu decreto a prisão da senhora Gilda Rubião por tentativa de assassinato e outros crimes a serem devidamente apurados!“, determina o juiz, para desespero da vilã.