Mulheres de Areia

Alaor pede demissão e enfrenta Virgílio: “Não aceitamos qualquer escravidão”

O funcionário quer ir embora do local

Publicado em 11/08/2023

Alaor (Humberto Martins) procurará Virgílio (Raul Cortez) para revelar uma decisão em Mulheres de Areia. “Eu quero pedir para acertar as minhas contas porque eu estou indo embora”, dirá o homem. “Calma, Alaor, não faz isso. Quem é que vai tomar conta aqui da fazenda?”, indagará Malu (Vivianne Pasmanter).

“O Duarte. Ele é muito competente, vai ser um bom administrador”, indicará o moreno. “Cuidado, rapaz. Não me venha com ironia”, rebaterá o empresário. “Sabe o que é? Eu não sou nenhum cafajeste, eu nunca faltei ao respeito com a sua filha e nem com ninguém. Por isso não vou aceitar uma advertência dessas”, explicará Alaor.

“Pobre e orgulhoso”, ironizará o marido de Clarita (Susana Vieira). “Eu tenho orgulho do que eu faço, sim. Eu faço o que eu gosto”, retrucará o galã. “Bonito e sabe fazer discurso também”, seguirá Virgílio. “O meu trabalho pra mim é tão importante quanto é o do senhor”, destacará o empregado. “Rapaz, não venha com comparação”, pedirá o milionário.

Pra mim não tem nenhuma diferença. O senhor está acostumado a lidar com pessoa da cidade, gente mansa, educada, aqui no campo a gente tem outra noção de valor e não aceitamos qualquer escravidão não. Por isso estou pedindo as minhas contas e vou embora amanhã de manhã. Com licença”, concluirá Alaor.