“Zacarias era o grande ator, Mussum o grande comediante e eu e Didi os dois palhaços”, avalia Dedé Santana sobre Os Trapalhões

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ícone do humor brasileiro, Dedé Santana é o convidado do Luciana By Night desta terça-feira (30) e, durante bate-papo com a apresentadora, recorda grandes momentos da carreira e indica Leandro Hassum como a melhor pessoa para interpretar sua história nas telonas um dia, opinando: “Ele é um dos melhores comediantes que temos hoje no cinema. Leandro tem uma comunicação com a câmera muito boa, adoro ele”.

Leia também: O Outro Lado do Paraíso: Vinícius tenta matar Clara enforcada e Renato salva mocinha

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Eterno Trapalhão, Dedé conta como foi do circo para a televisão e relembra com carinho o quarteto humorístico, que estreou em meados da década de 1960. “Nos divertimos muito e ‘Os Trapalhões’, na minha concepção, era assim: o Zacarias era o grande ator, Mussum o grande comediante e eu e Didi os dois palhaços”, afirma ele, que ainda explica o tipo de humor que era feito na época: “Não tinha maldade e não tinha palavrão. Tinha essas brincadeiras que a gente fazia, nunca com o intuito de ofender ninguém”.

Ainda na atração, o artista, atualmente com 81 anos, fala sobre a estreia nacional de seu novo trabalho ‘Palhaços’, que aconteceu na última quinta-feira (25) em Brasília, e se emociona ao receber, no palco do programa, uma mensagem de carinho de Alexandre Borges, que está dirigindo a peça.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio