Yvy expõe Petrix para sisters: “Tinha que sair”

Publicado há 8 meses
Por Nayara Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Durante mais revelações na madrugada de hoje, Yvy falou tudo o que recebeu de informação de quando estava na Casa de Vidro. Ela se reuniu com algumas sisters, e também com Rafa em outro momento, para expor e falar da eliminação de Petrix, que saiu com rejeição de mais de 80% dos votos.

Primeiro para Rafa, ela contou : “Eu sei que vocês estavam esperando que o Hadson saísse, mas foi preciso sair primeiro o Petrix. Depois o Hadson”, disse a mineira. Então Rafa acreditou e perguntou sobre a briga com Bianca. “Já morreu esse assunto”, contou a modelo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em seguida, no quarto com mais sisters, Yvy revelou a visão do público sobre Petrix – que foi acusado de assédio e agressão na casa. “Eu preciso sentir o jogo, conhecer cada um. Mas ele [Petrix] precisava sair real. Eu não sei como eu vou explicar. Escr*** para c******, só pediram para avisar”, entregou o recado.

Ela ainda continua e conta que Petrix chegou a ser intimado pela polícia para responder as acusações de assédio. A modelo ainda afirmou que Px era o “chefe da gangue”. Em seguida, Mari e Gabi choraram com as informações.

Manu não acredita

Escutando tudo, Manu não confiou muito no que Yvy disse, afinal, a visão dos brothers de jogo é diferente da do público. “Se for verdade e depois você for participar aqui mesmo, me desculpa, eu sou desconfiada. Mas assim, eu não acho que nada disso é verdade. Eu sou atriz e acho que você está enrolando essa história”.

Yvy então afirma: “Manu, pelo amor de deus, o público só vai tirar quem é ruim. Inclusive ele [Petrix] vai ser investigado lá fora, a coisa está muito séria. Ele está sendo investigado por conta de dança, pegação, mulher bebada…”.

Rafa contou que escutou Petrix dizendo que foi alertado. “Ele falou para mim que foi chamado no confessionário e que falaram que era para ele tomar cuidado”. “Manu, eu não estou mentindo, eu juro. Eu tenho um filho de três anos, não vou brincar com isso. Nem sei se eu poderia estar falando tanto, porque eu posso até me queimar. A coisa lá fora está séria, pegando fogo”, reforçou a modelo.

Depois que Daniel chegou e conversaram mais, Manu disse que daria crédito ao que Yvy estava dizendo. Gizelly, que é advogada, ainda ressaltou que se a mineira estivesse mentindo ela poderia ser processada por injúria e calúnia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais