Veja personagens surdos e mudos que cativaram o público na TV

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dia 26 de setembro é comemorado o Dia Nacional dos Surdos. A data foi oficializada no ano de 2008, como forma de homenagear a primeira Escola de Surdos do Brasil, fundada nesta mesma data no ano de 1857, o INES (Instituto Nacional de Educação de Surdos). A celebração visa fazer refletir sobre os direitos dos deficientes auditivos na sociedade. Preparamos uma lista com alguns dos personagens surdos e mudos da telinha. Confira:

Leia também: Novo Mundo acertou em cheio ao usar História para falar do Brasil de hoje

Gui (Thiago De Los Reyes) em Esplendor (Divulgação)

Gui Berguer

Guilherme (Thiago De Los Reyes) era o filho mais novo do rico industrial Frederico (Floriano Peixoto) em Esplendor. Mudo, o garoto vivia sendo motivo de piada para as pessoas e outros garotos de sua idade. Levado em diferentes médicos, nenhum deles atestou causas para sua mudez, que acredita-se ser psicológica.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Clara (Monica Carvalho) em Corpo Dourado (Divulgação)

Clara

Clara (Mônica Carvalho) em Corpo Dourado era muda desde a infância, também por fatores psicológicos. Durante um acidente de carro, ela assistiu a morte da mãe. O pai, Orlando (Flávio Galvão) que conduzia o veículo alcoolizado, para não ser preso, colocou o corpo da mulher ao volante, gerando grandes traumas na menina.

Dona Etelvina (Thelma Reston) em Escrito nas Estrelas (Reprodução)

Dona Etelvina

Dona Etelvina (Thelma Reston) de Escrito Nas Estrelas era a simpática senhora surda e muda que sabia tudo sobre a vida dos vizinhos. Com quase 80 anos de idade, ela passava a vida na janela observando o comportamento alheio.

Abel (Tony Ramos) e Clara (Débora Bloch) em Sol de Verão (Divulgação)

Abel

O jovem Abel (Tony Ramos) em Sol de Verão ficou surdo aos 8 anos de idade após uma meningite. Aos 18 anos foi abandonado pelo pai se tornando uma pessoa reclusa. Adorador de futebol, ele passa a ser apoiado por Rachel (Irene Ravache), que acredita na possibilidade de dar aulas para uma turma de deficientes auditivos.

Luzineide (Eliane Costa) e Biga (Claudia Gimenez) em Torre de Babel (Divulgação)

Luzineide

Em Torre de Babel, a melhor amiga de Bina (Claudia Gimenez) era Luzineide (Eliane Costa), que chamou a atenção do público por não pronunciar uma única palavra durante toda a trama de Silvio de Abreu. Sempre que tentava falar, ela era interrompida por outros personagens, o que deixava no ar, a dúvida sobre sua mudez. Apenas no último capítulo, o público descobriu que a “Chaveirinho”, não era muda. O recurso foi novamente utilizado pelo autor na novela Passione, com a personagem Lurdinha (Simone Gutierrez).

Cabeção (Sérgio Hondjakoff) em Malhação (Divulgação)

Cabeção

Em Malhação, Cabeção (Sérgio Hondjakoff) era um jovem com deficiência auditiva. Durante as cinco temporadas em que ele participou, usou um aparelho contra a surdez. Em 2000, durante alguns capítulos foi abordada a necessidade da inclusão de deficientes auditivos em escolas regulares, mas o caráter humorado do personagem se sobressaiu a suas necessidades.

Tomás (Marcos Frota) e Bia (Paula Burlamaqui) em O Sexo dos Anjos (Divulgação)

Tomás

Tomás (Marcos Frota) era um rapaz surdo e mudo na novela O Sexo dos Anjos. Como grande sensibilidade, ele tinha enorme apego pela irmã caçula Isabela (Isabela Garcia), mas sofria ao ser maltratado por sua outra irmã, Ruth (Sílvia Buarque). Namorado de Bia (Paula Burlamaqui), ele se comunicava com ela através da linguagem de sinais.

Fábio (Carlos Evelyn) em O Cravo e a Rosa (Reprodução)

Fábio

Fábio (Carlos Evelyn) em O Cravo e a Rosa, era chamado de Mudinho. Durante toda a trama de Walcyr Carrasco, ele apareceu usando linguagem gestual. O que não passava de uma aposta para tentar conquistar o coração da durona Lourdes (Carla Daniel).

Menções honrosas: A mudez psicológica esteve presente em algumas novelas, sobretudo em personagens infantis, como Maria (Carla Diaz) e Lucia (Marina Belucci) de Chiquititas.  

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio