Tonico Pereira relembra começo na Globo: “Muito tempo sendo o pior cachê”

O artista está longe das novelas desde A Dona do Pedaço

Publicado há 4 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Longe das novelas desde A Dona do Pedaço (2019), Tonico Pereira foi entrevistado pelo programa REDE RIO TV Sem Frescura e falou sobre sua estreia na TV Globo, que foi em 1974 na novela O Espigão.

“Ali eu já estava uns três anos sendo chamado pela Globo, mas eu não aceitava. Questões ideológicas, queria fazer teatro e cinema”, recordou o artista. “Foi um papel que foi oferecido para dois atores conhecidos e eles não aceitaram porque era pequeno”, disse o ator.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu estava numa merda danada… Agora eu não ganho mal, mas na época eu fiquei muito tempo sendo o pior cachê da Globo. Quando eu trabalhei com o Avancini [diretor] e ele descobriu isso, ele mandava eu fazer meu texto porque não vinha escrito, eu era elenco de apoio. Aí ele me dava câmera”, recordou.

Pereira também assumiu usar ponto eletrônico na TV e no teatro. “É uma forma de eu conseguir ganhar mais trabalhando menos”, brincou o artista. “Mas eu faço a minha pontuação, peneiro esse texto para ser transmitido”, esclareceu Tonico.

Assista:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais