The Voice Kids: Conheça as crianças aprovadas no quarto dia de Audições às Cegas

Publicado há 2 anos
Por Greicehelen Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No último domingo (27), a Globo exibiu o quarto dia de Audições às Cegas do The Voice Kids. A edição reuniu candidatos talentosos que chamaram não só a atenção dos técnicos, mas também dos telespectadores.

Veja também: Rodrigão e Adriana Sant’Anna se mudam de casa e declaram: “um novo ciclo”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No total, 12 crianças foram aprovadas pelos técnicos Carlinhos Brow, Simone & Simaria e Claudia Leitte. Com as últimas escolhas, 48 jovens cantores seguem na disputa do reality.

Brown é o técnico com mais crianças em seu time: 17. Já Claudia Leitte aparece na vice-liderança com 16 vozes na sua equipe. As irmãs Simone & Simaria conquistaram a confiança de 15 talentos.

Apresentado por André Marques e com Thalita Rebouças nos bastidores, o The Voice Kids tem direção-geral de Flávio Goldemberg.

Confira os perfis dos aprovados no quarto dia de Audições às Cegas:

Mari Carvalho

Natural de Belém e moradora de Castanhal, no Pará, a menina de dez anos escolheu Velha roupa colorida, sucesso de Belchior na voz de Elis Regina, para sua audição. Depois de virar todas as cadeiras, ela escolheu Claudia Leitte como técnica.

Mari canta desde os quatro anos de idade em casa e na igreja, assim como sua avó, que é fonte de inspiração para ela junto com a mãe. Quando não está cantando, gosta de brincar com seus três cachorros e tocar flauta doce. A inscrição para o The Voice Kids foi feita de surpresa por seu pai, que parecia adivinhar que o sonho da filha de passar da primeira fase da competição se realizaria.

Vinicius Casagrande

O menino de 12 anos subiu ao palco ao som de Não deixo não, de Mano Walter, e conquistou sua vaga no time Simone & Simaria. Além da carreira solo, também integra a Banda Casagrande ao lado do pai e do irmão.

O menino já se apresenta em festas e eventos de Itaquaquecetuba, onde mora. Vinicius toca violão, guitarra e teclado, e também tem talento para composição: é de sua autoria o hino do colégio onde estuda, uma encomenda especial feita pela diretora da escola.

Marianna Araujo

A baiana apostou no clássico Meu ébano, de Alcione, e virou as cadeiras de Carlinhos Brown e Claudia Leitte. Ela acabou escolhendo o time de Brown para seguir na disputa. Sua mãe sempre quis ser cantora, então, para a menina, o sonho vem direto do DNA.

Marianna tem 12 anos e desde os nove se apresenta em festivais de música, aniversários e eventos de sua cidade, Santo Antônio de Jesus. Quando crescer, quer ser pediatra para poder cantar para os pacientes. Nos momentos de lazer gosta de brincar de pique-esconde e pega-pega.

Luiza Barbosa

Apesar de ser do Rio Grande do Sul, a menina de 12 anos escolheu a música nordestina de Gonzaguinha para se apresentar no palco do Kids. Com uma apresentação emocionante de Sangrando, ela foi aprovada por todos os jurados e segue no Kids no time de Claudia Leitte.

Luiza canta desde os sete anos, quando começou a se apresentar em festivais nativistas gaúchos. Além de cantar, ela também declama poesias e dança na instituição de tradições do estado. Quando não está envolvida com a música, gosta de brincar com os amigos e primos.

Adônia Tavares

O menino de 12 anos vem de uma família musical que toca e canta na igreja: os tios são instrumentistas e a tia é cantora. Com nove anos, ele aprendeu a tocar violão e, aos poucos, foi descobrindo que também cantava.

Seu presente para a tia foi cantar no casamento dela. No palco do The Voice Kids, o paraense cantou How can I go on, do Queen. Ele entrou para o time Carlinhos Brown depois de virar a cadeira do técnico na última nota.

Vinícius Leite

Natural de Itu (São Paulo), mas morador do interior da Bahia, o menino tem talento inato para a música: aprendeu sozinho a tocar violão, treinando com o instrumento do irmão mais velho, e também toca sanfona e teclado. Atualmente com dez anos, Vinícius canta desde os três.

Quando mais novo, usava itens da cozinha como microfone e sempre conseguiu tirar algum som mesmo de instrumentos de brinquedo. Foi aprovado por todos os jurados cantando Sem medo de ser feliz, da dupla Zezé Di Camargo e Luciano, e segue no time de Simone & Simaria. Em sua cidade, Maetinga, já abriu shows de Paula Fernandes e Pablo do Arrocha.

Isadora Bertolino

A mineirinha de 11 anos começou a cantar vendo o pai se apresentar. Músico profissional, ele percebeu que a filha tinha talento e começou a levá-la para seus shows em barzinhos e eventos de Uberlândia.

Isadora ensaia com o pai duas vezes por semana, e diz que ele dá bastante pitaco quando ela canta. Para sua apresentação no programa, a menina escolheu 126 cabides, sucesso das técnicas Simone & Simaria, e agradou. Ela garantiu sua vaga no time das coleguinhas.

Clara Lima

Cantando No one, de Alicia Keys, a moradora de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, foi aprovada por Carlinhos Brown. A menina de 11 anos começou a estudar canto aos nove e ficou em primeiro lugar em um concurso musical de sua escola de inglês.

Já praticou natação, balé, ginástica rítmica e zumba, e atualmente dança jazz. Diz que o pouco que aprendeu de teclado foi vendo sua irmã tocar. Sempre se imaginou cantando no The Voice Kids, mas só nessa edição pediu para a mãe inscrevê-la no reality musical.

João Vitor Alves

Com 13 anos, o mineiro escolheu Pra sempre vou te amar (Forever by your side) para sua apresentação na fase de Audições às cegas. Ele virou as três cadeiras e segue no programa no time Carlinhos Brown. Desde pequeno João Vitor gosta de cantar e, aos dez anos, entrou na aula de música.

O menino já se apresentou em festas da igreja e na abertura de um rodeio, onde cantou para mais de oito mil pessoas. Quando não está participando de festivais, se dedica às aulas de teatro, teclado, violão e canto. Para ele, o Kids é uma grande oportunidade em sua carreira.

Palloma Gueiros

A moradora de Recife subiu ao palco  com a música Carinhoso, de Pixinguinha, foi aprovada por Carlinhos Brown e Claudia Leitte e segue no time de Claudinha. Ela aprendeu a cantar a música quando, certa vez, achou uma cartinha de sua mãe com a letra escrita. Com apenas dois aninhos, a menina já tocava violão.

O exemplo vem de casa: seu pai já foi músico. Por isso, a casa tem um cantinho especial dedicado à música, com teclado e guitarra, e esse é o lugar preferido de Palloma. Além de cantar, a menina de 11 anos também pratica ginástica artística, mas espera mesmo pelo fim de semana, quando pode comer feijoada, cozido e bolo de rolo.

Bel Sant’ana

Com 13 anos, a menina escolheu I didn’t plan it, de Sara Bareilles, para cantar e garantiu vaga no time Simone & Simaria. Sempre gostou de ouvir música e de observar o irmão tocando violão. Aos oito anos, se inscreveu no show de talentos da escola e venceu.

A partir daí, decidiu começar nas aulas de canto e musicalização infantil. Ganhou um teclado de presente do pai e está aprendendo a tocar pela internet. Também adora compor e já tem duas músicas de sua autoria disponíveis em plataformas de streaming.

Pedro Miranda

Quando criança, o menino de 11 anos trocava qualquer brinquedo por um microfone. Cresceu no mundo da música por influência do pai, que é tecladista profissional. Com apenas três anos, fez um show na casa da bisavó com direito a microfone, pedestal e luzes.

Ganhou uma bateria, um violão e uma guitarra, mas seu sonho mesmo era ser vocalista. Pedro também gosta de compor e guarda todas as suas músicas no celular. Natural de Belo Horizonte, Pedro mora em São Paulo com a família. Foi aprovado pelos três times no Kids com a música Sina, de Djavan, e segue com Claudia Leitte na disputa.

Conheça as crianças:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais