Silvio Santos proíbe candidatura de funcionários do SBT às eleições

Publicado há 2 anos
Por Fabio Augusto
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Silvio Santos não quer nenhum funcionário do SBT envolvido com política. Pelo menos, não como candidato às eleições.

De acordo com o jornalista Lauro Jardim, o empresário proibiu qualquer um de seus empregados a concorrerem a qualquer cargo político.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A preocupação de Silvio é tão grande que ele chegou a conversar pessoalmente com artistas que estavam com esse plano.

A ordem foi clara para ficarem afastados ao máximo desse cenário. E, como previsto, todos acataram.

Leia mais: Silvia Abravanel nega ter recebido punição de Silvio Santos e dispara: “Não tô nem aí, eu me garanto”

Silvio Santos deve eliminar a prática entre seus funcionários

Ao que tudo indica, o Homem do Baú manterá a decisão e não mudará de ideia nem nas eleições futuras.

A ideia é brecar esse costume de alguns artistas de usarem sua imagem pública para se promover e conquistar um cargo, seja como deputado, vereador, etc.

Um exemplo clássico é o humorista Marquito, destaque do Programa do Ratinho, que conseguiu ser eleito vereador na cidade de São Paulo em 2012.

Porém, em 2014, não teve os votos necessários para se tornar deputado estadual. Já em 2016, não conseguiu se reeleger para a Câmara paulistana.

E a exemplo de Marquito, o foco na vida política tem se tornado uma prática comum entre algumas pessoas públicas.

O fato, todavia, não agrada o dono do SBT.

Leia mais: Em livro, Silvio Santos revela o maior arrependimento de sua vida

Otávio Mesquita desistiu de candidatura

De acordo com a publicação, Otávio Mesquita estava interessado em se candidatar às eleições deste ano, mas acabou desistindo após a ordem do patrão.

O apresentador do Operação Mesquita acabou barrado por Silvio Santos e preferiu se dedicar apenas à carreira artística.

Caso insistisse na ideia, ele precisaria se ausentar do programa para focar na campanha, talvez esse mais um fato que não tenha agradado Silvio.

Entretanto, com a proibição, agora o SBT manterá seus funcionários voltados apenas as atrações que comandam.

Do mesmo modo, resta esperar para saber se a decisão permanecerá em 2020.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio