SINCERONA!

Protagonista de Terra e Paixão, Bárbara Reis confessa medo de Glória Pires: “Muito enigmática”

Atriz também falou sobre a sua honra de protagonizar a obra de Walcyr Carrasco

Publicado em 19/05/2023

Nesta sexta-feira (19), a atriz Bárbara Reis, de 33 anos, falou sobre a sua honra em protagonizar a novela Terra e Paixão, escrita por Walcyr Carrasco no horário nobre da TV Globo. Em entrevista ao programa Conversa com Bial, a artista destacou a sua admiração pela colega de cena Glória Pires e confessou ter medo da veterana enquanto está atuando ao seu lado.

“Eu não consigo nem olhar no olho da Glória de tão miúda que eu me sinto. A Gloria é tão incrível, ela é enigmática. Apesar de ela ser uma pessoa expansiva, esse enigma da Glória me coloca num lugar que eu fico tentando achar palavras para estar perto dela, para tentar conversar com ela”, contou a atriz.

Bárbara Reis também falou sobre a característica mais marcante que as protagonistas de Walcyr Carrasco tem em suas obras. “É aquela que nutre dentro dela a semente da esperança, tudo vai dar certo. ‘Eu tenho a esperança de um mundo melhor, por mais que a vida faça tropeços, eu vou conseguir’. Eu digo que a Aline é uma seta, só vai para frente. Ela tem muita coragem e vai mesmo com medo. Ela tem um parentesco com a Catarina. Não é um humor como O Cravo e a Rosa, mas ela tem o parentesco de falar as coisas na lata, enfrentar. De ter uma língua que não fica presa, ela fala”, analisou a artista.

Por fim, Bárbara Reis confessou que ainda não caiu a sua ficha de estar protagonizando o principal horário de novelas da maior emissora do país.

“Fiquei muito feliz e, mesmo assim, duvidosa. Porque a gente não acredita. Estava gravando ainda Todas As Flores e, ao mesmo tempo, sair de um trabalho intenso e já emendar em outro que está sendo muito intenso, porém muito delicioso. Confesso que cada dia cai uma ficha. Não caíram as fichas de uma vez. Fiquei muito eufórica e reticente. As coisas foram caminhando, eu fui me preparando no meu tempo para construir uma Aline muito verdadeira, muito simples e, ao mesmo tempo, muito forte”, completou.