Programa do Ratinho enfrenta queda de audiência no SBT

Atração de Carlos Massa perdeu público em 2020

Publicado há 11 dias
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Programa do Ratinho, do SBT, que por anos foi a pedra no sapato da linha de shows da Record TV, tem visto a sua audiência encolher. A atração pilotada por Carlos Massa vem registrando, em 2020, sua pior audiência desde 2013.

Segundo o colunista Ricardo Feltrin, do UOL, o Programa do Ratinho, até o último mês de setembro, registra média de 6,6 pontos no Kantar Ibope este ano. O jornalista afirmou que se trata da pior audiência do programa desde o ano de 2013, quando fechou com 6,4 pontos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Programa do Ratinho está no ar no SBT desde 1998, mas teve um hiato de dois anos neste período. A atração saiu do ar em 2006, retornando à grade do canal em 2009, num novo formato e à tarde. Foi uma estreia tímida, mas, mesmo assim, o Programa do Ratinho demonstrou potencial para voos mais altos, retornando ao horário nobre a partir de 2010.

De lá para cá, a atração foi moldando o seu formato, apostando em quadros que se revezam ao longo da semana, como o Dez ou Mil, Boteco do Ratinho e Cortina Premiada, além do famigerado DNA. Assim, foi ganhando musculatura e sua audiência foi crescendo.

Logo, o programa, que registrou média de 4,4 pontos em 2010, saltou para 9,4 pontos em 2018. Com isso, tornou-se um dos maiores sucessos do SBT, e brecou vários investimentos da Record TV no horário nobre, como os programas de Xuxa Meneghel e Gugu Liberato. Tanto que a Record chegou a cogitar dar um programa nos mesmos moldes, e no mesmo horário, a Geraldo Luís. Não aconteceu porque Geraldo recusou.

No entanto, em 2020, Programa do Ratinho começa a demonstrar sinais de cansaço. A pandemia obrigou a atração a apostar em reprises, o que permitiu o avanço da Record TV. Mas vale lembrar que o programa já vinha numa curva decrescente: se em 2018, anotou 9,4, em 2019 sua média recuou para 8,7. Ou seja, além da pandemia, o programa parece sofrer de um desgaste natural da fórmula.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais