Pierre de Nos Tempos do Imperador existiu e teve vida solitária: saiba com quem a princesa Isabel se casou

Conheça a vida amorosa da abolicionista retratada na novela das seis

Publicado em 30/09/2021 19:54
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os telespectadores de Nos Tempos do Imperador puderam acompanhar nesta semana o início da vida amorosa da princesa Isabel (Giulia Gayoso), filha de Dom Pedro II (Selton Mello), e que tem, na história do Brasil, uma representatividade única quando se torna adulta.

Por enquanto, a trama de Thereza Falcão e Alessandro Marson, retrata a moça da família real ainda na adolescência. Portanto, são nuances pessoais que aparecem e surpreendem o público, mesmo não sendo reais, mas sim, inspiradas e com uma pitada de fantasia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao começar a conhecer seus pretendentes, arranjados pela Condessa de Barral (Mariana Ximenes), Isabel se depara com um rapaz bonito e com boa “procedência”, conforme os estereótipos da época. É Pierre de Orléans (Gabriel Falcão), que chega a pedir a mão da princesa em casamento. E na verdade, ele acaba seduzindo até mesmo a irmã dela, Leopoldina (Bruna Griphao).

O que muita gente não sabe é que Pierre é um dos personagens do folhetim que realmente existiram na vida real. Entretanto, assim como muitos outros, teve a história articulada para caber na ficção da forma como os autores desejavam.

O Pierre verdadeiro

Pierre Philippe Jean Marie d’Orléans nasceu na França em 1845 e era filho de Francisca, irmã de Pedro II. Desse modo, era primo de primeiro grau da princesa Isabel.

E assim como mostra a novela Nos Tempos do Imperador, Pierre precisou abandonar a terra natal após o rei Luís Filipe I, seu avô, deixar o poder. Nesse período, quando tinha 15 anos de idade, teve como alternativa se casar com Isabel ou Leopoldina, filhas de seu tio.

No entanto, vidrado pela carreira de oficial da Marinha, informou à família que abdicava do casamento com qualquer uma das pretendentes para seguir o sonho profissional. Seu desejo era servir à guerra e teve ajuda até mesmo do presidente dos Estados Unidos para conseguir fazer parte da Academia Naval.

Pierre Philippe Jean Marie d’Orléans (Reprodução)

A trajetória de Pierre na Marinha deu muito certo até que contraiu malária. Por conta dos remédios que precisou tomar, acabou com a audição severamente prejudicada, o que o fez se aposentar. Retornou à França, ainda sem casar e sem herdeiros. Sua morte foi em 1919, aos 73 anos.

Pelo menos na vida real, Pierre não foi o marido de Isabel e nem de Leopoldina. Caso isso venha a acontecer, será uma criação dos autores.

Então quem foi o marido da princesa Isabel?

Com a vida de Pierre indo para bem longe de Isabel, foi preciso buscar outros pretendentes para a filha de Dom Pedro II.

E um fato curioso é que, enquanto Luísa é a responsável por ser a casamenteira da família real, na história verdadeira, Francisca – a irmã de Pedro e mãe de Pierre – era quem tinha essa incumbência.

A tia da menina, então, escolheu o príncipe Gastão de Orléans, o Conde d’Eu, para firmar um relacionamento com Isabel. para o Brasil para se casar com suas sobrinhas.

Esse seria, inicialmente, o pretendente de Leopoldina, mas elas inverteram os namorados conforme foram se conhecendo. Não demorou um mês e o casamento aconteceu no Rio de Janeiro, mais precisamente na Igreja de Nossa Senhora do Carmo. Da relação, nasceram três herdeiros reais: Pedro, Luís e Antônio.

Mais informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos da novela Nos Tempos do Imperador

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio