Orgulho e Paixão: Susana pede perdão a Elisabeta e a faz ficar de joelhos

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Susana (Alessandra Negrini) é capaz de tudo, em Orgulho e Paixão, na Globo. A vilã, agora, vai se humilhar para Elisabeta (Nathalia Dill), com o intuito de conseguir o perdão de Darcy (Thiago Lacerda) pelo fato de ter feito uma intriga. Porém, orgulhosa, ela fará com que a mocinha fique de joelhos.

“Susana?! O que você está fazendo aqui?”, dirá Elisabeta, surpresa ao ver a vilã na casa de Jorge. “Sei que devo ser a última pessoa que você quer ver nesse momento, mas eu..  Eu quero seu perdão e sua amizade! Sei que tenho sido muito dura com você desde que nos conhecemos. Mas você precisa entender que isso é uma arma que sempre tive que usar para sobreviver nesse mundo de negócios, cheio de homens insensíveis… E acabo vestindo essa carapaça pra defender pessoas queridas a mim”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Julieta reconhece que Elisabeta lembra a si quando jovem, em Orgulho e Paixão

“Pessoas como Darcy?”, perguntará Elisabeta. “E Camilo. E eu vim aqui sabendo que você pode entender a minha postura. Você também defende suas irmãs com unhas e dentes e não hesita em partir para o ataque quando acha que precisa, mesmo que possa incomodar os outros…”.

“Isso é um pedido de desculpas ou mais uma lista de ofensas?”, rebaterá Elisabeta. “Um pedido de desculpas… Mas será que eu posso entrar? Já me é de certo modo constrangedor estar nessa situação, ainda mais na soleira da porta…”.

Neste momento, a vilã entrará na casa e verá Ema, Jorge, Jane e Ludmila.  “Ah, como vão, Ema, Jorge, Jane…? E…?”. “Ludmila”, complementará Ludmila. “Desculpe interromper a “festa” de vocês, mas estava falando algo com Elisabeta e…”, se explicará Susana.

“Claro. Se quiserem ficar à vontade, podem usar o escritório ou nós deixamos vocês…”. “Não, imagine. Aproveitando a presença de vocês, para que Elisabeta tenha certeza de que o que digo é sincero… Me perdoe, Elisabeta. Por ter mentido e tentado afastar você de Darcy. Já me desculpei com ele, mas não vou conseguir dormir se você não me desculpar também. Ah, Elisabeta, me perdoe, por favor!”.

“Se Darcy te perdoou, então acho que eu posso fazer esse esforço. Não sei se será assim tão fácil, mas…”, dirá a protagonista. “Acredite em minha sinceridade… Já sei! Vamos rezar, então! Vamos rezar todos juntos e agradecer por esse novo começo para nós, para a nossa amizade! Reze comigo, Elisabeta, por favor! Rezem todos, deem as mãos! Vamos, deem as mãos, por favor!”.

“Se você faz questão…”, dirá Elisabeta hesitante. “Ajoelhem-se por favor! Isso, Ajoelhem-se! Deus nos escutará mais atentamente!”. “Desculpem, minha fé pessoal é outra. Ficarei quieta aqui”, afirmará Ludmila.

Susana começará a falar e na sequência deixará todos ajoelhados. “Pai Todo-Poderoso, agradecemos pela chance de reconstruirmos nossa amizade, agora sem o peso das mentiras e das manipulações. E pedimos perdão por esses atos de desamor”.

“Amém”, dirá olhando Susana de forma desconfiada. “Não, não se levante ainda! Deus, obrigada por iluminar esse nosso novo caminho e… Sim…  Sim, Deus, muito obrigada por essa idei… por essa luz! Amém, amém, amém! Preciso ir agora, amém!”, dirá contendo o riso.

Já na porta, Elisabeta perguntará a Susana. “Que foi…?”. “Nada, Elisabeta, nada. Estou muito contente com isso tudo, obrigada… Agora preciso ir. Mas mande meu amor para Jane, espero que ela se recupere do término com Camilo. Ele nos contou o que aconteceu”. “Término com Camilo…?”, concluira Elisabeta pensativa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio