Orgulho e Paixão: Darcy garante a Elisabeta que vai resolver problema com sua tia

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Darcy (Thiago Lacerda) e Elisabeta (Nathalia Dill) foram pegos de surpresa, com a chegada de Lady Margareth (Natália do Valle). A tia do protagonista quer que ele se case com sua filha, Briana (Bruna Spínola). Mas o rapaz vai prometer à mocinha da novela que vai resolver tudo. Confira.

“Essa promessa de noivado que meu pai e minha tia fizeram… ficou tão ultrapassada e antiquada, que sequer me passou pela cabeça. Pense bem: nem meu pai foi capaz de usar de tamanha insensatez para nos dissuadir de nosso noivado, Elisabeta”, explicará Darcy. “Mas pra sua tia parece que faz todo sentido. E ela te cobra como uma questão de honra”, pontuará.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Julieta decide contar a Camilo sobre casamento falso, em Orgulho e Paixão, na Globo

“Minha tia é uma mulher inflexível, que controla a vida de Briana com mãos de ferro. E é dada a delírios de nobreza. Mas ela não tem nenhuma ingerência sobre minha vida. Prometo resolver da maneira menos dolorosa possível, tudo bem? Confia em mim? Ou está desconfiada?”, questionará Darcy.

“Estou insegura. Coisa de quem ama demais. Achei que não houvesse maneira possível de nos perdermos de novo…”. “Isso nunca mais vai acontecer. É mais fácil que eu deixe de ser um Williamson. Lhe daria um imenso beijo e te tiraria de chão pra te confortar se não fosse um lugar impróprio, está bem?”, concluirá Darcy.

Ainda em Orgulho e Paixão: Aurélio repreende Edmundo por causa de Ema

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Aurélio (Marcelo Faria) não está nada contente com o noivado de Ema (Agatha Moreira) e Edmundo (Nando Rodrigues). O rapaz deu um vexame durante a festa de noivado e acabou decepcionando a todos. Mas, no dia seguinte, ao procurar Ema, para pedir desculpa, ele se deparará com o pai da noiva. Confira.

“Que espetáculo deprimente o senhor nos ofereceu ontem à noite. Se apresentar bêbado no baile de noivado! Dizer o que disse de si mesmo, que ama outra, já seria humilhação suficiente pra minha filha. Mas não se contentou, achou pouco! Tingiu os sentimentos mais delicados de Ema com as tintas do escândalo, e exibiu para a cidade inteira!”, reclamará Aurélio.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio