Orgulho e Paixão: Darcy diz que não vai se casar com Susana e a chama de pilantra

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Darcy (Thiago Lacerda) vai reagir fortemente à possibilidade de se casar com Susana (Alessandra Negrini). Margareth (Natália do Vale) colocou a união dos dois como condição para libertar Elisabeta (Nathalia Dill). A protagonista está presa injustamente, depois de uma armação da britânica. Confira.

“Susana? A que ponto você chegou. Isso é um completo absurdo, eu não vou me casar com essa pilantra”, afirmará. “Darcy, meu querido. Assim você me ofende e tudo pode ser pior”, rebaterá Susana. “O que vocês ganham com essa presepada toda?”. “Sua desgraça! Esse é o meu prêmio!”, responderá Margareth.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Ema fica desesperada com possibilidade de Ernesto ser preso, em Orgulho e Paixão, na Globo

“Lady Margareth, assim a senhora também me ofende. Eu sou o que há de melhor no destino de Darcy. E ele também vai se dar conta disso quando me tiver como sua mulher”. “Aviso e está dito: isso está fora de cogitação. Vou libertar Elisabeta na forma da lei, já que é tudo uma armação sua”, insistirá Darcy.

“Fique à vontade para tentar e dar suas cabeçadas sozinho, my dear. Mas agora vai o meu aviso: se você comentar com alguém sobre essa proposta que lhe faço, a nossa relação… que está presa apenas por esse fio, acaba de vez. E Elisabeta vai apodrecer na cadeia”, avisará Margareth antes de Darcy sair.

Ainda em Orgulho e Paixão

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Susana (Alessandra Negrini) e Petúlia (Grace Gianoukas) estão dispostas a chantagear Margareth (Natália do Vale). Com isso, elas precisam descobrir um segredo da britânica. As duas estão perto de conseguir: depois de ouvir uma conversa, a empregada vai se ocupar de fotografar o delegado Kléber (Márcio Vito) plantando provas contra Elisabeta (Nathalia Dill), a mando da vilã estrangeira.

A cena começará com Kléber e seus homens botando os explosivos dentro de um armário na redação do jornal de Elisabeta. Do teto, Petúlia, de camisola, com sua máquina se posicionará para flagrar Kléber com a boca na botija dos explosivos. Ele ficará na marca esperada por ela, que conseguirá fotografá-lo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio