O Sétimo Guardião: Eurico confronta Marilda após desconfiar de traição

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Eurico (Dan Stulbach) começará a ficar desconfiado de Marilda (Letícia Spiller), depois que ficou impotente. A primeira-dama sumirá por algumas horas e ele acreditará que ela o está traindo e ficará esperando a loira chegar em casa. Quando ela o ver esperando-a, fingirá que foi apenas dar uma caminhada. Na verdade, a irmã de Valentina (Lilia Cabral) haverá estado com Fabim (Marcello Melo Jr.). Confira.

“Pensa que me engana? Sua… Mulher de Putifar!”, disparará Eurico. “Essa daí eu nem conheço. Quem é ela?”, perguntará Marilda. “Uma vagabunda que botava chifre no marido! Está na Bíblia, procura, que vai conhecer”. “Está me comparando com uma vagabunda?”. “Queria o quê? Chega pé ante pé com a maior cara de quem comeu e adorou, e acha que o idiota aqui estava dormindo? Pois ele estava só esperando pra te dar um flagra!”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Nicolau procura Milu e ela conta a verdade sobre Rivalda, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Pelo amor de Deus, Eurico, é tarde…”. “Eu sei disso muito bem! Onde a senhora foi a essa hora?”. “Fui dar uma caminhada! Estava muito nervosa…”. “E resolveu dar uma de Mulher de Branco, foi isso? Só porque não dou mais no couro, vai sair por aí, atacando os homens de madrugada?”. “Claro que não! Eu não quero homem nenhum, só você… Eu sou fiel!”.

Ainda nesta cena de O Sétimo Guardião

“Até quando, me diz…”. “Até você voltar a ser meu maridão de antes. E pra isso tem que consultar um psiquiatra ou um especialista em… Você sabe. Eu já te disse, meu amor, esse teu barato é psicológico! Olha, só pra te tranquilizar: fui no Feliciano e desdisse tudo sobre a tal de irmandade, jurei que não vou repetir pra ninguém aquela história que você me contou…”.

“E ele?”. “Acho que acreditou na minha jura, sim”. “Menos mal. Assim, pelo menos aqueles filhos da mãe não mandam cortar nossos pescoços”. “Não vai acontecer nada disso, se acalma…”. “Cê tá com um cheiro esquisito…”. “Foi a caminhada. Andei demais, suei muito! Vou tomar um banho, aí volto pra cama toda perfumada e a gente dorme de conchinha, tá bom?”.

“Agora vai me tratar feito criança?”. “Ah, não esquenta… Faz de conta que você é meu menininho”. “A torre de telefonia! Pelo menos alguma coisa vai ficar de pé e pro alto nesta cidade”, concluirá Eurico.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais