O pianista e maestro João Carlos Martins e a jogadora de vôlei Natália Martins contam suas histórias de superação no Programa do Porchat

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Superação é uma palavra de ordem para os convidados do Programa do Porchat que vai ao ar nesta quinta, dia 26/04. Apesar das dificuldades físicas, tanto o maestro e pianista João Carlos Martins quanto a jogadora de vôlei Natália Martins conseguiram se sobressair e se destacarem nas profissões que escolheram seguir. Mesmo após 23 cirurgias com o objetivo de recuperar os movimentos das mãos e de todos os dedos, João Carlos Martins não desistiu da carreira na música clássica.

Não à toa, hoje em dia, aos 77 anos, é um dos maestros mais populares do país. Fora isso, sua história de vida foi levada para o cinema no filme “João, o Maestro”, lançado em 2017. Em conversa com o apresentador Fábio Porchat, ele conta a sua trajetória e revela o que passa na sua cabeça ao reger uma orquestra. “Você se sente poderoso em transmitir música para o mundo”, confessa. “Como maestro, minha cabeça tem que estar cinco segundos à frente do que o público está ouvindo”, completa ele, que revela perder dois quilos a cada concerto.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Bárbara Paz fala sobre o fim de Jô de O Outro Lado do Paraíso: “Me senti mal nas últimas cenas”

Para os que sonham em trabalhar com música erudita, ele aconselha: “O resultado de um músico é a disciplina de um atleta e a alma de um poeta”. Já a jogadora de meio de rede Natália Martins, que chegou a ser convocada para a seleção brasileira de vôlei, confessa que, quando criança e durante a adolescência, chegou a sofrer bullying de alguns colegas por ser surda – a atleta perdeu a audição aos quatro anos de idade.

Atualmente, com o uso do aparelho auditivo, que usa desde os seis anos, ela diz escutar de 80% a 90% do que seus interlocutores falam. A esportista também revela que, vira e mexe, descobre novos sons. Os mais recentes? O do gelo batendo no copo e o do grilo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio