O Outro Lado do Paraíso: Nádia flagra Gustavo na cama do bordel com Leandra

Publicado há 3 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Outro Lado do Paraíso, após descobrir que Gustavo (Luis Melo) é o sócio misterioso do bordel, Clara (Bianca Bin) iniciará um plano para prejudicar o inimigo.

A filha de Elizabeth (Gloria Pires) saberá o dia que o juiz visita o prostíbulo e chamará Nádia (Eliane Giardini) para ir até a casa de Mercedes (Fernanda Montenegro), mas inventará que precisa passar no bordel para pegar a mãe.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A dona do salão de beleza ficará curiosa e pedirá para explorar o local. “Este é o quarto da Leandra (Mayana Neiva). Dona do estabelecimento”, explicará a morena.

“Não vou incomodar?”, questionará a megera. “Tenho certeza que vai adorar. Entre”, indicará a mãe de Tomaz (Vitor Figueiredo).

Ao abrir a porta, Nádia verá o marido sem camisa deitado na cama com Leandra, que estará seminua.

O Outro Lado do Paraíso: Nádia descobre que Diego é impotente e surta

“Você? Ah, safado!”, gritará a vilã, que começará a bater no esposo. “Bebê, Bebê, eu posso explicar”, falará o juiz, desesperado.

“Eu te mato, eu te mato. Safado, não tem explicação nenhuma. Sei perfeitamente o que está fazendo aqui. Você disse que ia dar um parecer judicial em outra cidade. É esse seu parecer judicial? Eu acabo com você agora mesmo! Eu arranco suas orelhas”, insistirá a mãe de Bruno (Caio Paduan).

Depois, a malvada resolverá atacar a prostituta. “Vagabunda! Você seduziu meu marido”, dirá Nádia. “Seduzi é nunca. Ele é sócio aqui do bordel, e é sócio desde sempre. Veio pegar a féria. E eu sou o extra”, debochará Leandra.

“Bebê, a verdade é que sempre aproveitamos muito bem o dinheiro daqui”, avaliará o juiz. “Você não fala nada ou cumpro o que disse. Arranco suas orelhas”, responderá a megera, dando tapas no marido.

Leandra tentará separá-los, mas será agredida pela inimiga e revidará. “Parem, parem com essa violência. Parem”, pedirá Gustavo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio