Nathalia Dill afirma que personagem carrega identidade feminista em Orgulho e Paixão

Publicado há 3 anos
Por Philippe Azevedo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Protagonista de Orgulho e Paixão, Nathalia Dill dá vida a Elisabeta, uma moça bem à frente do seu tempo. Segundo a atriz, a personagem, mesmo em uma época com costumes bem tradicionais, carrega uma identidade feminista e idealista.

Na trama, Elisabeta se apaixona por Darcy (Thiago Lacerda), justamente um homem com características tradicionais e patriarcais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A época da Elisabeta era muito atrasada para as mulheres como a nossa hoje em dia ainda é. Não é uma coisa concreta em luta pelos direitos porque a gente não vai caminhar por esse lugar. Mas só o fato de ela não abaixar a cabeça em certas situações, não aceitar o status quo como ele é, já é uma coisa que me inspira e é uma energia que quanto mais eu conseguir colocar nela vai ser melhor”, contou em entrevista ao site Purepeople. “[…] Só o fato de ela querer trabalhar e casar com alguém que realmente ama já é um ato heroico.”

LEIA TAMBÉM: Orgulho e Paixão: Elisabeta confronta Darcy e o deixa constrangido

Ainda à publicação, Dill contou que se inspirou em heroínas e movimentos feministas. “A gente se inspirou no universo da Jane Austen mesmo e, claro, com algumas referências de heroínas de TV que eu gosto. Acho que a maior referência é o movimento feminino por si só. É nisso que eu mais me baseio”, conta.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio