Modelo trans tem novo processo contra Sikêra Jr negado por juiz

Ela ficou conhecida após fazer uma performance na Parada LGBT+ em 2015

Publicado há 2 meses
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após ganhar o primeiro processo judicial, a modelo Viviany Beleboni não conseguiu garantir a segunda vitória contra o apresentador Sikêra Jr, da RedeTV!. O juiz Marco Antonio Barbosa de Freitas, da 16ª vara cível do TJ-SP julgou improcedente o pedido por danos morais.

Viviany revelou que entrou com três ações contra o apresentador do Alerta Nacional, na primeira, de acordo com a advogada, Sikêra foi condenado por danos morais e proibido de usar a imagem dela sob pena de multa. Os processos foram por conta de comentários feitos no programa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tudo aconteceu após a modelo trans ter feito uma apresentação reproduzindo a crucificação de jesus na Parada do Orgulho LGBT+, em 2015. De acordo com o UOL, o juiz afirmou que ambos estavam usufruindo da liberdade de expressão, e segundo ele era previsível as críticas.

“Decidindo apresentar-se em praça pública durante a Parada Gay, em trabalho profissional de caráter inequivocamente polêmico, era previsível — para não dizer elementar — em especial num país majoritariamente cristão, que recebesse severas críticas dessa parcela da população, como certamente possa ter sido celebrada e elogiada por parcela da população em favor da qual diz militar”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio