Márcio Garcia fala sobre o pai que faleceu em decorrência da covid: “Ainda vivendo o luto”

O apresentador disse que o pai era amoroso e sensato

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Neste sábado (27), Márcio Garcia foi entrevistado no É de Casa e falou sobre o pai, Carlos Alberto, que faleceu por causa de complicações da covid depois de ficar cerca de um mês internato em um hospital em Juiz de Fora, em Minas Gerais.

“Quais foram os valores que seu pai ensinou e que você pode passar para os filhos?”, indagou Talitha Morete. “Outro dia eu estava com os meus irmãos e a gente ficou conversando. Ainda estamos vivendo esse luto e a gente fica lembrando dos momentos juntos. Algumas frases marcaram muito. Entre elas ele falava ‘honestidade é igual filho na barriga, ou você tem ou não tem’. Não existe o meio honesto”, destacou o famoso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Falava muito da confiança, ‘demora muito para conquistar, mas para perder basta uma ação errada’. Meu pai deixou dezena de ensinamentos, foi um cara muito sensato, amoroso”, elogiou o apresentador, que conseguiu ter uma última conversa com o pai.

“Fico muito feliz de ter tido a oportunidade de ter me despedido, de ter dito mais uma vez que eu o amava. Por ele não ter morrido de covid, ele ter tido algumas complicações pós o covid, que a causa morte dele não foi o covid, eu pude visitá-lo, ele teve um velório, e tantas famílias não tiveram essa possibilidade de se despedir, de dizer que ama”, lamentou o astro.

“A lição que fica para todos, eu repito isso copiosamente para os meus amigos: diz que ama seu pai todos os dias, diz que ama a sua mãe todos os dias. Não quero parecer dramático, mas pode ser a última vez. Uma oportunidade que não pode ser perdida nunca, e que tem que ser falada todo dia. A gente não sabe o dia de amanhã, ainda mais num cenário como esse atual”, concluiu Márcio.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio