Karol Conka grava tema de abertura da nova Malhação: “Viva a diferença soa como libertador”

Publicado há 4 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Negro, branco, rico, pobre / O sangue é da mesma cor / Somos todos iguais / Sentimos calor, alegria e dor”.

O trecho é da música “Bate a Poeira”, tema de abertura da nova temporada de ‘Malhação’ interpretada por Karol Conka. Reforçando a proposta da temporada ‘Viva a Diferença’ de celebrar a diversidade e exaltar a igualdade, parte do elenco e da equipe de produção da série gravou um vídeo manifesto recitando este hino, escrito por Karol Conka, Nave, Gee Rocha, Laudz e Zegon.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Bate a Poeira” embala a nova abertura, que retrata a interação dos jovens com a cidade. Seja em meio à multidão, interagindo com espaços públicos, descobrindo novos caminhos ou passando por ruas e avenidas já conhecidas. A cidade faz parte do cotidiano do jovem assim como ele é peça importante do contínuo movimento urbano. Imagens em planos abertos se misturam a outros bem fechados, traçando um paralelo entre o universo macro, que compõe as cidades, e o micro, construído no dia a dia de cada pessoa.

Com essa construção, a abertura representa a realidade de quem está inserido em tudo que acontece ao seu redor, sem deixar de olhar para si e para os momentos íntimos da vida. De quem acompanha o movimento que o cerca, convive com as diferenças e, ao mesmo tempo, imprime seu repertório pessoal a cada interação com o ambiente.

Entrevista com Karol Conka

1 – Qual foi sua reação quando recebeu o convite para a música?
O convite chegou como uma surpresa. Embora já tivesse o sonho de ter minha música na abertura de uma novela, eu não esperava mesmo. Fiquei muito feliz porque o público jovem gosta do meu trabalho e estou superanimada porque o elenco de Malhação e a história desta temporada são muito interessantes.

2 – Qual o impacto para uma artista de ter uma música na abertura?
O primeiro impacto é reconhecimento do meu trabalho. Ter uma música numa abertura, principalmente numa parada legal assim, é um reconhecimento absurdo. Depois vem o orgulho e a responsabilidade de carregar esse reconhecimento.

3 – O que representa pra você a letra desta música?
‘Bate a Poeira’ é uma música muito importante para mim porque é a que mais tem a mensagem que quero passar. Para a abertura, fiz uma versão mais atual e leve com Tropkillaz. A letra é a mesma, eu só deixei o jeito de cantar mais suave e com um beat mais fresh. Para falar de igualdade a gente tem que ser leve, porque de ódio e violência o mundo já está cheio. Nessa música, eu procurei maneiras simples de dizer “ei, tá tudo bem. Temos nossas diferenças, somos iguais porque somos seres humanos, mas cada um com sua diferença”.

4 – Como é pra você saber que esta temporada vai abordar a questão das diferenças?
Eu gostei muito de saber do roteiro, fiquei arrepiada por ter cinco protagonistas contando histórias que acontecem na vida real de uma maneira leve e desconstruída. Só assistindo para entender o que cada personagem tem para trazer. Vai quebrar rótulos.

5 – O que representa para você o título “Viva a Diferença”?
Viva a diferença soa como libertador. É diferente de dizer “seja diferente, eu aceito sua diferença”. É viver a sua e a do próximo. É libertador!

‘Malhação: Viva a Diferença’ é concebida por Cao Hamburger e dirigida por Paulo Silvestrini e estreia na próxima segunda-feira, dia 08 de maio.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio