Por onde anda?

Helena Ranaldi, a Raquel de Mulheres Apaixonadas, revela o motivo de estar longe das novelas há quase dez anos, e avisa: “Estou aberta a voltar”

A última trama inédita em que a atriz atuou foi em Em Família, de 2014

Publicado em 04/06/2023

Um das atrizes mais atuantes nos anos 90 e 2000, Helena Ranaldi está há quase dez anos sem fazer uma novela. Mas, se a atriz, que completou recentemente 57 anos, não é vista em trabalhos inéditos, está muito presente atualmente em diversas reprises no Canal Viva e na Globo.

Enquanto na emissora fechada Helena aparece em Coração de Estudante, como a protagonista Clara, e em Senhora do Destino, como Yara, na Globo a atriz está na reexibição de Mulheres Apaixonadas. E recentemente também esteve na reprise de A Favorita.

Clara (Helena Ranaldi) em Coração de Estudante
Clara Helena Ranaldi em Coração de Estudante

A trama de Manoel Carlos, original de 2003, estreou recentemente no Vale a Pena Ver de Novo e é um dos trabalhos mais marcantes da carreira de Helena, que deu vida à professora de Educação Física Raquel, uma mulher independente, mas que sofre com a violência e perseguição do ex-marido, Marcos, interpretado por Dan Stulbach.

Longe das novelas desde 2014, quando fez Verônica em Em Família, também de Maneco, Helena revelou em entrevista à coluna da jornalista Patrícia Kogut, no jornal O Globo, que esse afastamento das tramas nunca foi algo planejado, simplesmente aconteceu devido a outros compromissos que ela tinha.

“Nunca estive fechada para voltar a fazer novela. A questão é que, de 2015 para cá, comecei a trabalhar muito mais do que na época em que eu estava na TV. Então, quando vieram os convites para as novelas, eu estava envolvida em outros projetos. Era impossível conciliar as duas coisas. Mas estou aberta a voltar. É só uma questão de surgir uma oportunidade num momento em que eu esteja sem outros compromissos”, explica Helena, feliz com a reprise de Mulheres Apaixonadas.

Marcos (Dan Stulbach) e Raquel (Helena Ranaldi) em Mulheres Apaixonadas
Marcos Dan Stulbach e Raquel Helena Ranaldi em Mulheres Apaixonadas ReproduçãoCanal Viva

“É um trabalho sobre o qual as pessoas comentam comigo até hoje. Foi uma das primeiras novelas a abordar de forma tão explícita a violência doméstica. E mostrou que é algo que pode acontecer com qualquer mulher, independentemente da classe social”, comenta a atriz.

Nesta trama, Helena trabalhou com o diretor Ricardo Waddington, que na época era seu marido. A artista conta que tê-lo ao seu lado nas gravações de cenas tão pesadas e violentas foi essencial para o sucesso do trabalho. “Foi uma personagem difícil e muito delicada. O Ricardo teve uma contribuição muito grande no resultado das cenas. Principalmente nas sequências de violência, que normalmente eram dirigidas por ele. Foi mais um encontro profissional feliz entre a gente”, relembra Helena, que até hoje tem uma relação boa e de amizade com o diretor, pai de seu único filho, Pedro, que está com 25 anos e já se prepara e estuda para ser ator, mostrando que a arte está, mesmo, no DNA.

Daniel Alvim e Helena Ranaldi
Daniel Alvim e Helena Ranaldi

Enquanto não retorna às novelas, Helena Ranaldi trabalha em projetos teatrais e de cinema com o atual marido, o ator e diretor Daniel Alvim. Os dois estão juntos desde 2015  e atualmente totalmente concentrados no fechamento do longa Cordel do Amor Sem Fim, primeiro filme que produziram juntos e que é estrelado pela atriz.

“Nossa parceria profissional foi acontecendo de forma muito natural, com respeito e divisão de tarefas. Nunca foi um problema como casal. Pelo contrário, é algo que potencializa o nosso relacionamento. Construir um trabalho e depois ver o retorno é muito gratificante”, pontua Helena.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade