Gleici Damasceno desabafa sobre maior perrengue do No Limite: “Eram a pior coisa”

a campeã do BBB 18 revelou ainda para quem vai sua torcida

Publicado em 16/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Campeã do BBB 18, Gleici Damasceno foi a sexta eliminada do No Limite. A integrante deixou o reality show após um episódio complicado para a tribo Calango, sua equipe.

Mesmo após momentos difíceis, Gleici acredita que não chegou ao seu limite e relembra o maior perrengue da edição. “Os mosquitos eram a pior coisa, a minha vida seria 90% melhor sem eles ali. E aquela noite de frio. Não foi normal, os meus ossos doíam tanto. Foi um momento para apagar da história. Eu e Kaysar nos abraçamos para tentar nos aquecer”, contou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sem medo de enfrentar desafios e com espírito competitivo, ela conta porque aceitou participar do programa. “Quando me convidaram, me senti desafiada. Foi uma questão pessoal, de superação. Queria muito ter ido mais longe. Eu fui bem em todas as provas, mas nessas duas, fui mal. Fiquei com aquele sentimento de querer dar a vida nas próximas”, avaliou.

Dentre os momentos que mais a fez vibrar, ela relembra a prova do cadeado. “Eu senti uma emoção muito louca. Foi uma prova que ninguém esperava mais que a gente conseguisse ganhar. Quando aquele balão estourou em mim, eu não acreditei que seria minha essa responsabilidade. E a gente virou o jogo!”, ponderou.

Por fim, ela revela para quem vai sua torcida. “Para o Kaysar e para a Elana. A Elana é muito minha amiga, é quase uma irmã. Não teria como torcer para outra pessoa. Mas, se ela for eliminada, minha torcida vai para o Kaysar”, adiantou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio