Gil do Vigor será convidado especial na Parada do Orgulho LGBTQIA+ no GNT

Glória Groove, Pabllo Vittar, Marcela McGowan estão entre os convidados

Publicado em 28/5/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Junho é o mês do Orgulho LGBTQIA+, e, para homenagear e celebrar a luta contra a homofobia, o GNT vai apresentar uma programação especial que contará com uma seleção de episódios de programas, documentários e filmes que discutem questões relacionadas ao movimento.

No domingo, dia 06, o Diálogos GNT apresenta, ao vivo e com exclusividade, a transmissão da Parada do Orgulho LGBTQIA+ de São Paulo, considerada uma das maiores do mundo. A transmissão começa com um aquecimento às 18h no YouTube e segue a partir das 19h também na TV.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Esse ano, pela segunda vez, o evento acontece de forma remota por conta da pandemia do coronavírus, com roda de conversa e shows direto de um estúdio em São Paulo. A transmissão do evento é uma parceria com a Dia Estudio que começou em 2019, quando o GNT foi o primeiro canal a transmitir ao vivo a Parada do Orgulho de São Paulo, considerada uma das maiores do mundo, diretamente da Av. Paulista.

Grandes convidados

Pelo terceiro ano consecutivo, Caio Braz participa da transmissão, que contará ainda com o ex-BBB Gil Nogueira, o influenciador e jornalista Hugo Gloss, a cantora Raquel Virgínia e a médica e também ex-BBB Marcela McGowan. Eles recebem convidados presenciais e remotos para conversarem sobre pautas relacionadas a orgulho e representatividade, além de garantirem muito entretenimento, música e alegria nas telas do GNT.

Hugo Gloss fará entrevistas exclusivas com artistas que se apresentarão nos shows do evento, ente eles Pabllo VittarGloria GrooveMajurSandra de Sá, entre outros.

O GNT é um aliado histórico do movimento LGBTQIA+. Fomos precursores ao transmitir ao vivo a Parada do Orgulho de São Paulo, além de trazer para a TV histórias que dão visibilidade e empoderam essa comunidade, por meio de programações especiais, documentários e séries. Nossa missão é ampliar as discussões sobre esse tema, a fim de mostrar que essas são pautas de toda a sociedade“, comenta Mariana Koehler, Diretora de Conteúdo do GNT, VIVA e MAIS NA TELA.

Conteúdo especial

Logo após a Parada do Orgulho, o público poderá conferir na TV o documentário “Prazer em Conhecer”. O filme mostra o cotidiano de usuários de PrEP (Profilaxia Pré-Exposição ao HIV), um novo método de prevenção à infecção pelo HIV, e traz reflexões sobre desejo, sexo e proteção.

Na sequência, será exibido o episódio “Lara e Luca”, de “Liberdade de Gênero”, que conta a história de Lara, primeira mulher trans a estudar medicina na sua faculdade, e Luca, homem trans e publicitário, que iniciou sua transição de gênero há um ano, em Portugal. Para encerrar o domingo, irá ao ar, o episódio “Pela Liberdade de Ser”, da série “Família é Família”, que acompanha um grupo de amigas em uma ocupação feminista em Porto Alegre, e companheiros drags no Rio de Janeiro, que trabalham juntos na cena drag.

Na segunda, dia 14, à 0h, será a vez do episódio “LGBT Fobia”, da série “Quebrando o Tabu”. O programa evidencia o preconceito sofrido no dia a dia da comunidade LGBT. Já no dia 21, será exibido, também à 0h, o documentário “Nasci Gay: A Descoberta”, em que o ícone pop Olly Alexander, da banda Years & Years, conta como lida com a depressão e explora os motivos da comunidade gay ser mais vulnerável a problemas de saúde.

Na quinta, dia 24, vai ao ar às 22h30 o inédito “Quem Pode Jogar?”, documentário de Marcos Ribeiro que revela como quatro corajosos atletas transexuais treinam, jogam e enfrentam as barreiras do preconceito no esporte. O filme acompanha a rotina de Maria Joaquina, patinadora de 10 anos, o treinamento do fisiculturista Juliano Ferreira, a jornada da jogadora de vôlei Isabela Neris e os desafios da lutadora de MMMA e Jiu Jitsu Anne Viriato, uma mulher que enfrenta homens no octógono.

O longa conta ainda com a participação dos atletas olímpicos Ian Matos e Isadora Celluro, e da ex- carateca, Dionne Freitas. E no dia 30, à 0h, estreia no GNT o documentário “Falas de Orgulho”. Para os fãs de reforma que buscam inspirações de renovação de ambientes, serão exibidos de segunda a sexta, entre os dias 28 de junho e 02 de julho, às 16h15, episódios selecionados dos programas “Decora” e “Decore-se”, estrelando casais LGBT.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio